Oficina de Música: Fotolivros sobre as últimas edições estão disponíveis em site

Obras trazem informações, imagens e depoimentos de artistas que participaram das três últimas edições

Enquanto aguarda a 38ª Oficina de Música de Curitiba, que acontece entres os dias 17 e 31 de janeiro, desta vez em formato on-line, o público pode relembrar as três últimas edições por meio de fotolivros disponíveis gratuitamente no site oficial.

Os obras trazem um compilado de imagens e depoimentos de artistas que participaram seja em atrações artísticas, seja na área pedagógica, além de documentos informações e gráficos dos resultados alcançados.

“O evento deixa um legado artístico para a cidade ao promover o encontro entre grandes nomes da música e os grupos mantidos pelo município. Garantir a preservação da memória da Oficina é celebrar a música ”, explica Ana Cristina de Castro, presidente da Fundação Cultural de Curitiba.

Com os temas: Misture-se realizada em 2018, Liberte-se em 2019 e Beethoven vai reger a Cidade no ano de 2020, estas três últimas edições da Oficina de Música inauguraram uma nova fase, marcada pela descentralização e pela oferta à população de apresentações ao ar livre, além das tradicionais em espaços culturais da cidade.

Óperas, concertos e MPB

Em 2021, a Oficina de Música celebra o centenário de nascimento de um dos maiores expoentes da música latino-americana, o argentino Astor Piazzolla, e é dedicada à memória de Lúcia Camargo, diretora executiva (1979-1983) e presidente da Fundação Cultural de Curitiba (1989-1992).

Além dos cursos, com inscrições abertas até o dia 17 de janeiro, a programação artística terá orquestras de todo o Brasil, recitais de ópera e bate-papos com grandes artistas da MPB em transmissões no YouTube – o canal ainda não foi divulgado.

A abertura, no dia 17 de janeiro, ao meio-dia, será uma conversa com representantes da “Al Nour Wal Amal Orchestra” (Orquestra de Meninas Cegas), do Egito e, às 17h30, uma gravação da homenagem a Beethoven da Orquestra Sinfônica da Bahia, do Teatro Castro Alves (Salvador).

VEJA TAMBÉM: Mostra Pocket Live abre espaço para artistas curitibanos lançarem seus últimos álbuns

Recitais transmitidos do Palácio Garibaldi, em Curitiba, Teatro Amazonas, em Manaus, Teatro da Paz, em Belém, e Palácio das Artes, em Belo Horizonte também fazem parte a agenda, além de bate-papos com os músicos Lenine, Zeca Baleiro, João Bosco, Mônica Salmaso e Charles Gavin.

Esta edição mantém a divisão entre as fases de música erudita (de 17 a 23 de janeiro) e MPB (de 24 a 31 de janeiro), com a coordenação geral de Janete Andrade. As coordenações de núcleo estão a cargo dos maestros Abel Rocha (música erudita), Rodolfo Richter (música antiga) e João Egashira (música popular brasileira).

A programação com todos os horários e canais para assistir será divulgada em breve no site www.oficinademusica.curitiba.pr.gov.br.

 

Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicações Recentes

Oficina de Música: Programação infantojuvenil ganha destaque na edição virtual

Shows para as crianças e bate-papos para pais e educadores estão entre as atrações A educação musical também têm destaque...
- Advertisement -

Veja Também

close-link
1vbOJm4gRLHIeVVCT3VKjoSf3gUTH4wpm3RqkByOFLr5dpTNpnfG0zRzWqFtH2zDleb85kuSfcU8zHc5lgdOnw==