Livre-se

Traduzir pulsações e palpitações da poesia: mágica, suor, alemão, português e espanhol

O livro Nosso amor de trincheira, nosso trânsito de fronteira é, ao traduzir para o português do Brasil poemas da premiada poeta, tradutora e professora alemã Uljana Wolf, um trabalho pulsante e palpitante de tradução poética Por Letícia Lopes Ferreira Quando...

Livre-se: Pergunte ao pó: salve-se de tudo o que é sem graça

Depois de ler esse clássico da literatura norte-americana, me parece que ninguém mais deveria escrever sobre nada Por Letícia Lopes Ferreira “Arturo Bandini: O que é felicidade para você, Camilla? Camilla: Poder se apaixonar por quem a gente quiser, sem ter...

Livre-se: O rabo da sereia

Hoje, nossa colunista Letícia Lopes Ferreira dá uma pausa nas críticas literárias para mostrar sua veia de escritora. Boa leitura! O rabo da sereia Por Letícia Lopes Ferreira Ela tinha me seduzido com o sorriso de reclame e o arranjo de flores...

Livre-se: Ouse amar uma história banal

Você só lê o que considera extremamente "útil"? Ou se dá ao luxo de ler o que te dá prazer? Por Letícia Lopes Ferreira “Se elas quisessem fazer algo útil, teriam feito crochê”, Emily Dickinson responde à mulher do reverendo, que...

Livre-se: Quando voltará o tempo dos “pele-vermelha”?

Em uma época em que a discussão sobre os indígenas está em evidência, convém lembrar do O Guarani, de José de Alencar, escrito em um período em que as virtudes do índio e da natureza eram exaltados em livros   Por...

Livre-se: Quem é você em A Revolução dos Bichos?

A Revolução dos Bichos, se lido honestamente, pode acabar nos levando para bem mais perto do que gostaríamos: nossa família, nossa igreja, nosso trabalho, nosso país Por Letícia Lopes Ferreira Um porco esperto e corrupto, uma ovelha estúpida, um cavalo de...

Publicações Recentes

Praça Viva: 2 dias de programação gratuita na Praça Santos Andrade

Neste sábado e domingo (25 e 26 de junho) a Praça Santos Andrade recebe a quarta edição do Praça...