Publicado em 22 de janeiro de 2020

Um olhar atento para o passado e uma energia enorme chega para transformar, ou melhor, mudar o que não está bem

 

Por Wilma Soinegg

O Sol está na casa de Aquário, Urano em Touro, Saturno, Plutão e Júpiter em Capricórnio, e ainda temos o eclipse que atingiu o eixo Capricórnio e Câncer.

É uma temporada intensa, que representa finalização de ciclos, podendo atingir os âmbitos emocional, familiar, profissional, entre outros. Um olhar atento para o passado e uma energia enorme que chega para transformar, ou melhor, mudar o que não está bem. Talvez um vazio em uma das áreas da vida, que ressalta a cena triste de desejos e necessidades não realizados.

Já foi falado muitas vezes no encerramento das situações e das pressões que não fazem sentido manter. Vale verificar em qual área da sua vida terá esse confronto. Como temos alguns planetas no signo de Capricórnio, algumas das palavras que o definem é a conquista, a seriedade, entre outras, claro! A conquista é o fruto dos tempos e também Capricórnio é o trabalhar, errar e corrigir constantemente, iniciar , adquirir experiência e, assim, conquistar. A orientação é voltar a atenção aos desejos internos, ao respeito, ao cuidado pessoal e a diminuir a marcha que esteja caminhando. O tempo é de mudanças.

E com o planeta Vênus em Peixes, podemos ficar mais românticos, imaginativos, espirituais e mais entusiasmados. A compaixão ganha espaço, um desejo maior de ajudar, de nos conectar a algo ou alguém. Algo divino pode despertar a necessidade da devoção, uma fusão com o Universo, que pode nos ajudar a passar por essa temporada de testes.

E o ano astrológico nem começou ainda!
Sucesso, paz e amor!

 

Wilma Soinegg é professora, tem duas filhas, é apaixonada por gatos e astrologia. O primeiro curso que fez sobre o assunto foi em 1986 com o professor Antonio Facciollo Neto, em São Paulo. A partir do primeiro contato com os astros tornou-se uma eterna estudante.

Leave A Comment