Palhaço do calçadão da Rua XV é contratado como cuidador na FAS

Depois de um desabafo nas redes sociais por falta de renda durante a pandemia, o artista de rua Carlos Roberto Teles, o palhaço do calçadão da Rua XV, consegue um novo emprego

palhaço da XV
O artista de rua Carlos Roberto Teles, mais conhecido como Palhaço Chameguinho, que agora é cuidador na Mais Viver, unidade da Fundação de Ação Social (FAS). Foto: Hully Paiva/SMCS

Com a crise do coronavírus, muitos artistas tiveram seus trabalhos interrompidos. Um deles foi o famoso palhaço do calçadão da Rua XV, o Chameguinho, personagem de Carlos Roberto Teles, que está sempre próximo ao Bondinho da Leitura, divertindo curitibanos e turistas. Desde o dia 14 de março, ele deixou de fazer suas famosas imitações na rua para respeitar as medidas de distanciamento e isolamento social.
Após passar por um período difícil e sem renda, o artista conseguiu um novo emprego: desde o dia 21 de abril, ele cuida de pessoas que possuem deficiências físicas e intelectuais na Mais Viver, unidade da Fundação de Ação Social (FAS). Seu trabalho inclui orientar os acolhidos, encaminhar para banho, cuidar das roupas, trocar fraldas e monitorar o espaço da ala masculina da unidade, onde estão 25 homens.
“É uma área nova para mim, mas estou me dando bem. Fico empolgado, esperando a hora de ir trabalhar. A vida é uma caixa de surpresas. Depois de tantos anos trabalhando como artista de rua vem uma tragédia como essa no mundo (pandemia da covid-19) e muda tudo”, conta.
Para conseguir o novo emprego, ele precisou passar por um processo seletivo, que contratou 16 novos cuidadores. A sugestão para participar veio do presidente da fundação, Fabiano Vilaruel, após ver um comentário de Teles pedindo alimentos em em uma rede social da FAS. O artista ainda chegou a fazer uma transmissão ao vivo no Facebook para falar do drama que estava vivendo.

VEJA TAMBÉM: Projeto Contagiando Sorrisos busca parceiros pra produzir máscaras

“Passando o chapéu, eu recebia de R$ 200 a R$ 300 por dia. De repente não tinha mais nada. Eu só pedia a Deus para minhas filhas não passarem fome”, conta o artista de rua, pai de Eloá, 3 anos, Eloísa, um ano e meio, e Elohana, de apenas 15 dias.
Esta é a primeira vez que o artista trabalha com carteira assinada e já faz planos para quando a pandemia terminar: quer manter um emprego formal à noite e voltar a dar vida ao Palhaço Chameguinho, durante o dia.
 
 
 
Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

 

Deixe uma resposta

Publicações Recentes

Curso de Produção e Gestão Cultural: 25 vagas gratuitas em Curitiba

Está aberta a convocatória gratuita que vai selecionar 25 artistas de regiões descentralizadas de Curitiba para um Curso de...

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.