Publicado em 29 de junho de 2020

Ópera italiana e arte performática de Hélio Leites estão na programação do Ônibus da Cultura

ônibus da cultura

O performer, artista plástico e poeta Hélio Leites também está no Ônibus da Cultura. Foto: Daniel Castellano

Os novos vídeos que estreiam esta semana no projeto Ônibus da Cultura na Quarentena trazem um famoso trecho da ópera Cavalleria Rusticana, do compositor italiano Pietro Mascagni. Tem também um apanhado da obra do artista popular Hélio Leites. A orquestra Ladies Ensemble, formada exclusivamente por mulheres, interpreta o Intermezzo da ópera, numa gravação na qual cada uma das musicistas tocou em sua própria casa, conectadas pela internet.

O projeto Ônibus da Cultura, realizado pelo Solar do Rosário, conta com dois veículos do transporte público que foram adaptados como unidades culturais móveis. Juntos, vinham percorrendo todos os bairros da cidade. Com a pandemia, tiveram que suspender as atividades presenciais, mas seguem divulgado cultura gratuitamente pela web.

Os conteúdos estão disponíveis no Instagram, Facebook e Youtube.

Ladies Ensemble

A Orquestra Ladies Ensemble faz parte do elenco do Ônibus Palco. Neste mês de junho, vem homenageando a cultura da Itália com vídeos que trazem grandes momentos da música erudita daquele país, para relembrar o Dia da República Italiana, celebrado dia 2 de junho. A ópera Cavalleria Rusticana estreou em 17 de maio de 1890 no Teatro Costanzi, em Roma. Ela é dividida em duas partes, separadas por um Intermezzo. Este momento é muito popular e também já foi utilizado em filmes de sucesso como O Poderoso Chefão – Parte III.

VEJA TAMBÉM: Festival Internacional de Granada será transmitido para Curitiba

Fabiola Akel, violinista e fundadora da orquestra Ladies Ensemble conta que a ópera tem uma história curiosa: “Foi composta para um concurso, mas o compositor não a achou boa o suficiente. Então sua mulher mandou a obra em segredo para a competição e ele acabou ganhando o concurso. Ficou empatada com uma outra ópera, Pagliacci, de Ruggero Leoncavallo. Por essa razão elas tradicionalmente são apresentadas juntas nos palcos”. Essa tradição teve início depois que as duas óperas foram encenadas juntas em 1893 no Metropolitan Opera House, de Nova Iorque. Com Cavalleria Rusticana, Mascagni se tornou um dos maiores representantes do verismo, ou seja, do realismo em música na Itália.

Poeta e performer

Como o erudito e o popular se misturam na programação do Ônibus da Cultura, outro vídeo que estreou esta semana traz um apanhado da obra de Hélio Leites. Ele é poeta, performer e criador de obras de arte que usam como suporte pequenos objetos. Botões, caixinhas de fósforos, rolhas, latas e pedaços de madeira são transformados por ele em personagens que contam histórias, agradando crianças e adultos.
As criações de Hélio Leites revelam sentimentos, abordam a literatura, educam e emocionam, partindo de objetos que iriam parar no lixo. Algumas obras fazem parte do acervo do Ônibus Museu, o segundo veículo que integra o projeto Ônibus da Cultura.

 

 

 

Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

One Comment

  1. […] VEJA TAMBÉM: Ônibus da Cultura tem ópera e Hélio Leites […]

Leave A Comment