Confira espaços culturais que reabriram com a Bandeira Amarela

Cinemas, teatros, bibliotecas e outros espaços culturais já podem voltar a receber público

Camile Triska
O retorno da Bandeira Amarela em Curitiba, que flexibiliza a retomada de diversas atividades, permite que diversos espaços culturais reabram, além dos museus que já estavam funcionando. Por isso, cinemas, teatros e circos voltam a abrir suas portas – sempre com uso obrigatório de máscaras e restrição de capacidade de público.
Confira os locais que já têm a confirmação de reabertura:
Bibliotecas
Todas as Casas de Leitura já reabriram. Para saber o horário de funcionamento e tirar outras dúvidas, basta entrar em contato com cada local. Os endereços e telefones de contato estão disponíveis AQUI.
Já a Biblioteca Pública do Paraná não anunciou reabertura até o fechamento desta matéria.
Teatros 
A Fundação Cultural de Curitiba anunciou que voltará com apresentações em seus teatros Novelas Curitibanas, do Piá, do Paiol, Cleon Jacques e o TUC, além do auditório no Portão Cultural e Circo da Cidade Zé Priguiça. Contudo, ainda não há datas de apresentações definidas. O Memorial de Curitiba, onde fica o Teatro Londrina, segue fechado para reforma.
No Disk Ingressos, os teatros Positivo, Bom Jesus e Fernanda Montenegro têm ingressos à venda para alguns shows nos próximos meses. Os demais teatros da cidade ainda não divulgaram novas programações.
O Conservatório de MPB e a Capela Santa Maria, locais onde costumam ser apresentados shows, ainda não tiveram agendas anunciadas.

VEJA TAMBÉM: Festival Crossroads: Dia Mundial do Rock terá seis dias de shows

Cinemas
Nesta quinta-feira (08/07), já retomaram as atividades a rede Cinépolis, no Pátio Batel e Jockey Plaza, e a Cineplus, no Shopping Jardim das Américas e no bairro Xaxim, e o Espaço Itaú de Cinema, no Shopping Crystal. No próximo sábado (10/07), é a vez das sessões presenciais voltarem na rede Cinesystem, nos shoppings Curitiba e Cidade, na rede UCI, que tem salas nos shoppings Palladium e Estação, e também na rede Cinemark, presente no Mueller e ParkShoppingBarigüi.
O Cine Passeio voltará a receber o público a partir do dia 15 de julho. A Cinemateca e o Cine Guarani ainda não divulgaram datas de reabertura.
Museus
Todos os museus já estavam recebendo público desde o início de junho. Para quem quer visitar os espaços mantidos pelo governo estadual, que incluem o Museu Oscar Niemeyer, Museu da Imagem e do Som do Paraná, Museu do Expedicionário, entre outros, além do Museu Egípcio & Rosacruz Tutankhamon (mantido pela AMORC), os horários e dias de abertura estão disponíveis NESTE LINK.
No complexo cultural Solar do Barão (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 – Centro), a Gibiteca apresenta duas exposições: Viajante Ilustrado, com desenhos e histórias assinadas por André Caliman, feitas a partir de viagens do artista pelo Brasil e pela Europa, e a recém-inaugurada “O Álbum do Zequinha”, que apresenta exemplares antigos e atuais das figurinhas numeradas do palhaço que atrai colecionadores há mais de 90 anos e vídeos com depoimentos do desenhista Nilson Müller, que há mais de 40 anos desenha o personagem.
Já o Museu da Fotografia, que também fica no Solar do Barão, segue com a mostra “Cartografia Mítica da Escarpa Devoniana”, da artista visual Maria Baptista. Além de fotografias recentes e mais antigas, estão expostos mapas e objetos reunidos por Baptista durante sua incursão pela área de proteção ambiental.
Os dois espaços culturais têm entrada gratuita e estão funcionando das 12h às 18h, de terça a sábado.
No MuMA (Museu Municipal de Arte de Curitiba), que fica dentro do Portão Cultural (Avenida República Argentina, 3430 – Portão), neste sábado (10/07) serão abertas a mostra digital “Pelo Direito de Amar Monstros”, de Luciana Siebert, e “O Sentido do Olhar”, de Estela Sandini. O local ainda tem peças de arte em exposição permanente, como os painéis cerâmicos de Franco Giglio, o painel em madeira de Poty Lazzarotto e a escultura em concreto de Tomie Ohtake.
Entre outros espaços culturais municipais da cidade, o Memorial Polonês, no Bosque João Paulo II, abre das 10h às 18h, de terça a domingo, e o Memorial Ucraniano, no Parque Tingui, pode ser visitado todos os dias, das 9h às 18h. Ambos os locais têm entrada gratuita e exposições permanentes de réplicas e objetos típicos dos imigrantes.
Já o Memorial Paranista, no Parque São Lourenço, que homenageia o movimento de mesmo nome e o artista plástico João Turin, precisa de agendamentos para as visitas gratuitas, que devem ser feitos AQUI. Os horários são das 10h às 18h (o último grupo de visitantes entra às 17h), de terça a domingo.
No Shopping Estação (Avenida Sete de Setembro, 2.775 – Rebouças), o Museu Ferroviário, que fica no local onde era a antiga Estação Ferroviária de Curitiba, possui um acervo com mais de 600 peças originais das ferrovias e uma locomotiva do início do século XX para visitar gratuitamente. O espaço abre de terça a sábado, das 10h às 18h.
Ali dentro do shopping ainda tem o Expresso Estação, uma Maria Fumaça que oferece uma viagem gratuita “sem sair do lugar” por meio de experiência interativa e imersiva. O funcionamento é de terça a sábado, das 13h às 18h.
 
Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.