Site para solicitação de vagas em CMEIs e CEIs teve instabilidades, mas Secretaria Municipal de Educação afirma que já foi restabelecido

vagas em CMEIs

Pais e responsáveis podem solicitar vagas em CMEIs e CEIs por meio de site. Crédito: Valdecir Galor/SMCS

O Cadastro On-line para solicitar vagas de educação infantil na rede municipal de ensino de Curitiba acaba de ser restabelecido após sofrer instabilidades nesta última quarta, 12 de fevereiro, quando foi reaberto. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, o site teve um grande volume incomum de acessos, mas já está funcionando normalmente.

A superintendente Gestão Educacional, Andressa Pereira, frisa que a lentidão desta quarta não prejudica a obtenção de vagas. “O cadastro funcionará de maneira permanente – o que significa que os pais ou responsáveis podem solicitar a vaga a qualquer momento ou fazer atualizações caso mudem de endereço, por exemplo”, afirma.

Lançado em outubro do ano passado, o cadastro on-line é a ferramenta utilizada atualmente pela Prefeitura de Curitiba para receber as solicitações de vagas na educação infantil. Além do site, o cadastro pode ser feito via Curitiba APP.

O sistema funciona apenas como pré-cadastro. O responsável escolhe unidades próximas de casa ou do trabalho. Quando é identificada uma vaga, ele é avisado por e-mail e a matrícula é efetivada posteriormente, na unidade.

Essas novas solicitações de vaga serão analisadas para distribuição futura, conforme disponibilidade na própria rede municipal ou nos Centros de Educação Infantil (CEIs) contratados pelo município de Curitiba. Este ano, mais instituições de ensino comunitárias e/ou particulares firmaram contrato com a Prefeitura de Curitiba, que afirma que haverá um aumento na oferta de vagas, principalmente, na faixa de 0 a 3 anos

O Cadastro On-line já atendeu, até o momento, 11 mil solicitações de vagas para as creches. Foram registradas 1,2 mil desistências, que foram remanejadas às diretoras das escolas, conforme a necessidade de cada uma. As vagas remanescentes já estão sendo distribuídas.

A educação infantil da rede municipal está com 48 mil crianças já matriculadas. A expectativa da Secretaria Municipal de Educação é que esse número aumente para 50 mil.