Os impactos da pandemia na educação de autistas

Especialista fala sobre a possibilidade de regressão nos tratamentos devido ao distanciamento social e o que fazer para amenizar

Estima-se que no Brasil, cerca de 2 milhões de pessoas apresentem os sintomas do Transtorno do Espectro Autista (TEA), que afeta diretamente os aspectos da comunicação, interação social e comportamento. O acompanhamento terapêutico, seja na escola, em clínicas especializadas ou mesmo no lar de uma criança com autismo, deve ser regular e contínuo. Portanto, além dos desafios já existentes na educação de autistas, como a falta de inclusão e preparo das instituições educacionais, a necessidade de distanciamento social em decorrência da pandemia da covid-19 representou uma dificuldade ainda maior para pais e professores.

De acordo com Ana Regina Caminha Braga, psicopedagoga especialista em Gestão Escolar e Educação Inclusiva, o principal impacto da pandemia na educação de autistas é a paralisação das terapias e as consequências da interrupção de atendimentos especializados.

“Autistas precisam do acompanhamento terapêutico adequado para verificar a rotina e saber como está o funcionamento dentro de casa, além de monitorar as questões relacionais e educacionais. Geralmente o acompanhamento diário é promovido na escola, que ajuda na realização das tarefas e na interação com os colegas. A falta de um auxílio atrapalha significativamente a evolução que é moldada no dia a dia”, afirma.

Mais do que pausar a evolução, o afastamento das terapias e acompanhamentos durante o período de isolamento pode causar uma regressão no desenvolvimento psicossocial da criança. “Em virtude de eles não terem as atividades escolares sendo reforçadas todos os dias, principalmente as que envolvem o aprendizado de conteúdo, acaba acontecendo um retrocesso”, observa Ana Regina Caminha Braga. “A evolução do autistas depende de rotina e sequência. A interrupção deste ciclo pode fazer com que todo o trabalho já desenvolvido se perca”, completa.

Como amenizar os efeitos do distanciamento

De acordo com a especialista, mesmo sem o auxílio presencial da rotina escolar e de acompanhamento profissional é possível atenuar os impactos do distanciamento. “Neste contexto, é necessário que os responsáveis mantenham o contato com a escola semanalmente, para que esse autista veja o seu professor, mesmo que no formato online, e para que o educador consiga manter o diálogo mais próximo com o aluno, exercitando a rotina de apoios e direcionamentos que ele precisa”, aponta.

VEJA TAMBÉM: Conheça sete livros que falam sobre autismo e ajudam a praticar a inclusão

Além disso, quando tratamos das questões sociais, também é necessário tentar manter as relações ativas, mesmo de maneira virtual. “Os pais e responsáveis devem explorar os recursos e ferramentas disponíveis, como as videochamadas, pois é de extrema importância garantir o contato e interação do autista com outras pessoas. É importante que eles não deixem de ver as pessoas que eles gostam, os familiares e amigos. Garantir esses laços afetivos, mesmo que de forma remota, é fundamental”, destaca a profissional.

Ana Regina ressalta ainda que é indispensável manter a criança autista estimulada. “As atividades que devem ser incentivadas nesse momento são as com materiais concretos, como alfabeto móvel e brincadeiras antigas. Também fazer com que essa criança tenha seus momentos de leitura, e reforçar os métodos de comunicação alternativa para que eles possam seguir ampliando a sua fala e interação, procurando sempre atividades com ilustrações. A intenção é explorar a liberdade e interação com os brinquedos e atividades que estão disponíveis em casa”, explica a especialista.

 

Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Publicações Recentes

Duas narrativas, um autor

Com textos sensíveis combinados a imagens de apurada técnica, André Neves acredita que as narrativas verbais e visuais andam...
- Advertisement -

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.