Adoniran Barbosa é “álvaro” de homenagens em tributo no Sesc da Esquina

adoniran barbosa

Clássicos do Adoniran Barbosa serão apresentados em no show do Sesc da Esquina

Com a produção assinada por Claudio Karam, o Sesc da Esquina será palco de um Tributo a Adoniran Barbosa, comandado por Xaxá & Conjunto Samba Saudade, a partir das 21h desta sexta, 14 de fevereiro, no Sesc da Esquina.

Filho de imigrantes italianos, nascido em Valinhos, em 1910, Adoniran Barbosa é considerado o pai do samba paulista. O êxodo rural, a imigração, a urbanização e o clima dos velhos botecos e rodas de samba são temas de seus consagrados sucessos. No repertório do show o público vai ouvir Trem das Onze, Tiro ao Álvaro, Samba do Arnesto, Saudosa Maloca, Samba Italiano, Chum Chim Chum, entre outros, totalizando 15 canções.

Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada), com venda uma hora antes do início do espetáculo na bilheteria do local. O Sesc da Esquina fica Rua Visconde do Rio Branco, 969 – Centro.

Músicos do tributo
Conhecido por sua carreira pública, Nemésio Xavier, o Xaxá, foi comandante da Polícia Militar do Paraná e secretário de Segurança e Cidadania de Pontal do Paraná. Sua relação com a música começou cedo, nos bancos escolares do Colégio Estadual do Paraná. A partir daí cantou nos corais da Academia Militar do Guatupê, da Universidade federal do Paraná e fez parte de vários conjuntos de samba, uma de suas grandes paixões.

O Conjunto Samba Saudade é formado pelos músicos Tino (pandeiro), Artur (percussão), Nabil Rodrigues (violão 7 cordas), Nego Celso (surdo), Rogério Moraes (cavaco), Natanael (tamborim). O grupo é conhecido por resgatar obras do cancioneiro popular, sobretudo os sambas.

Serviço: Tributo a Adoniran Barbosa com Xaxá e Conjunto Samba Saudade
Data: 14 de fevereiro
Horário: 21h
Local: Sesc da Esquina | Rua Visconde do Rio Branco, 969 – Centro
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) – à venda um hora antes do espetáculo, na bilheteria do local