Pausa Dramática: Indicados ao Oscar e novos filmes e séries

Saiba curiosidades e onde assistir os filmes indicados ao Oscar e as Estreias dos streamings

Flávio Jayme

Esta semana foram divulgados os indicados ao Oscar 2021. Priyanka Chopra e Nick Jonas divulgaram em vídeo na segunda-feira a lista de filmes indicados em todas as categorias do maior prêmio do cinema.

A Netflix foi a grande campeã de indicações, com 35 ao todo em 16 filmes. Mank foi o filme com maior número de menções, concorrendo em 10 categorias. Outros longas com diversas indicações foram Nomadland, Minari e Judas e o Messias Negro com seis cada. Para ver a lista completa dos indicados é só clicar AQUI.

O Pausa Dramática também preparou um post com algumas curiosidades e peculiaridades do Oscar deste ano, que celebra a diversidade como nunca. Primeira vez que duas diretoras concorrem na categoria de melhor direção e 12ª indicação de uma veterana que ainda não ganhou nenhum prêmio estão entre os fatos curiosos. Para ver tudo, clique AQUI.

Como a premiação deste ano está sendo diferente de todas as outras, muitos dos longas já estão disponíveis em serviços de streaming como Netflix, Amazon e Disney+. Por isso, também preparei uma lista com todos os principais indicados e onde assistir cada um deles, incluindo aqueles que ainda não estrearam com suas datas previstas de chegada por aqui. Para conferir a lista é só clicar AQUI.

E com a lista dos indicados ao Oscar, também chegam os indicados ao Framboesa de Ouro.
O prêmio que elege os piores do cinema traz surpresas como o filme Mulher Maravilha 1984 concorrendo em algumas categorias e atores do calibre de Anne Hathaway e Robert Downey Jr.

Dolittle, estrelado por Downey Jr, inclusive, é o campeão de indicações ao lado de 365 Dias da netflix, ambos concorrendo em 6 categorias.
Mas a maior surpresa mesmo ficou por conta de Glenn Close, que conseguiu a façanha de ser indicada ao Oscar e ao Framboesa pelo mesmo papel! Para ver a lista completa dos indicados clique AQUI.

E chegou ontem aos serviços de locação online a aguardada versão de Zack Snyder de Liga da Justiça. O novo filme, que conta com imagens já apresentadas no longa de 2017 mas também com novas cenas, promete ser uma nova experiência para os fãs e ser bem diferente do filme que já vimos.

Agora com 4h de duração e produzido pela HBO Max, a aventura expande o lado pessoal de alguns personagens e acentua o tom dramático característico dos filmes do diretor, que precisou abandonar o posto em 2016 por problemas pessoais.

Depois de decepcionar muitos fãs, o longa de 2017 dirigido por Joss Whedon foi massacrado pela crítica e todos foram para a internet pedir uma nova versão, agora de seu diretor original.

E esta versão estreou esta semana. O Snyder Cut poderá ser alugado nas seguintes plataformas: Apple TV, Youtube, Claro, Google Play, Looke, Microsoft, Playstation, Sky, Uol Play, Vivo e WatchBr pelo valor de R$49,90 até dia 7 de abril. Depois disso ele sai de cartaz e só volta em julho com a estreia do streaming da HBO no Brasil.

Veja o trailer abaixo

Quem também aporta nos streamings esta semana são os heróis da Marvel. A série Falcão e o Soldado Invernal chega hoje ao Disney+ para dar continuidade para a quarta fase do Universo Cinematográfico Marvel.

Depois do sucesso de WandaVision (que se tornou a série mais vista da história do streaming no mundo) a nova série traz os heróis parceiros do Capitão América Sam Wilson (O Falcão, vivido por Anthony Mackie) e Bucky Barnes (o Soldado Invernal, vivido por Sebastian Stan) lidando com as consequências do final de Vingadores: Ultimato e uma pergunta: quem herdará o escudo do cap?

A produção ainda traz de volta dois personagens que já apareceram nos filmes: Sharon Carter, vivida por Emily VanCamp, e o vilão Helmut Zemo, interpretado pelo alemão Daniel Brühl.

O primeiro episódio já está disponível no Disney+.

Na Netflix o destaque da semana fica por conta da estreia de Cabras da Peste. A comédia brasileira vem no melhor estilo filme de policial americano: uma dupla de parceiros improváveis vai se meter em confusões para solucionar um crime misterioso.

Na história, Edmilson Filho (de Cine Holliúdy) é Bruceuillis, um policial do interior do Ceará que viaja até São Paulo para resgatar a cabra Celestina, considerada patrimônio em sua cidade. Na grande capital, ele conhece Trindade (Matheus Nachtergaele), um escrivão da polícia que vai lhe ajudar na missão para provar para a corporação (e pra si mesmo) seu valor.





O serviço também trouxe esta semana a série documental O Reino Perdido dos Piratas. A produção conta as histórias dos verdadeiros piratas do Caribe, como a psicopata Charles Vane, Anne Bonny e o infame Barba Negra,trazendo reencenações dramáticas da formação de uma nova “república pirata” que, surpreendentemente, era a favor dos direitos igualitários.

Todos os episódios da série já estão disponíveis para os assinantes da Netflix.

Assista ao trailer

Já na Amazon Prime, o destaque fica por conta da estreia de The Underdog Railroad. Na série exclusiva, o público poderá acompanhar a luta de Cora Randall pela liberdade no sul dos Estados Unidos antes da guerra civil americana.

Após escapar de uma plantação na Georgia por uma estrada de ferro subterrânea. Então, Cora descobre que não era apenas uma metáfora, mas, uma ferrovia real. Conforme avança em sua jornada, Cora é perseguida por Ridgeway, um caçador de recompensas obcecado em levá-la de volta à plantação.

A produção é do vencedor do Oscar Barry Jenkins, diretor de Moonlight.





Já que o assunto da semana é Oscar, outra estreia da Amazon Prime é o vencedor vários prêmios Menina de Ouro.

O veterano treinador de boxe Frankie Dunn (Clint Eastwood) reluta em treinar Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), determinada a seguir carreira no esporte. Além de não aceitar mulheres como alunas, ele acredita que ela esteja velha demais para competir. Mesmo assim, a jovem decide frequentar o ginásio todos os dias, com o apoio de Scrap (Morgan Freeman), amigo do técnico.

O longa ganhou o Oscar de Melhor Filme, Melhor diretor (Clint Eastwood), Melhor atriz (Hilary Swank) e Melhor ator coadjuvante (Morgan Freeman).





E no Globoplay e estreia da semana é da minissérie Os Maias. Baseada em romance de Eça de Queiroz, a produção conta a história do romance proibido entre entre os irmãos Carlos Eduardo (Fábio Assunção) e Maria Eduarda (Ana Paula Arósio).

Exibida originalmente em 2001, a obra é baseada no romance homônimo do escritor português e traça um retrato da decadente aristocracia portuguesa na segunda metade do século 19.





Ontem também chegou às plataformas digitais o suspense de ação 72 Horas Depois. O primeiro longa do diretor de curtas metragens Brian Ulrich conta a história de um policial que, após se envolver com criminosos perigosos, acorda três dias depois sem saber o que aconteceu com seu parceiro e sua esposa.

Estrelado por Robert Palmer Watkin (da série The Walking Dead: Um Novo Universo), o filme está disponível para locação e compra no NOW, Looke, Vivo Play, Google Play, Microsoft, iTunes e Sky Play.

Assista ao trailer

 

A coluna Pausa Dramática é uma iniciativa do jornalista Flávio Jayme (do site Pausa Dramática)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Publicações Recentes

Duas narrativas, um autor

Com textos sensíveis combinados a imagens de apurada técnica, André Neves acredita que as narrativas verbais e visuais andam...
- Advertisement -

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.