Publicado em 28 de junho de 2020

Mesmo crianças não alfabetizadas podem soltar a imaginação com um livro em mãos

livros em mãos

Foto: FreePik

Por Adelita Becker

Muitas vezes, não sabemos como aproveitar tudo que um livro nos traz. Claro, ele tem o texto, a história, as ilustrações e nós vamos ler! Acabou a história, acabou a diversão. Não! Livros são ricos!

Abra a página e enxergue além dele: Sim! Somos capazes!

Vamos estimular, através da leitura de um livro, a nossa mente: a matemática, a história, a geografia, artes, educação física, educação ambiental, finanças, empreendedorismo e Português?

É assim, na mente da criança, mas, claro, de forma lúdica. E um livro infantil é mais ainda, capaz de instigar a percepção da criança. Faça o teste: dê um livro para uma criança que ainda não lê. Ela não tem ideia do que está escrito ali, mas ela vai inventar uma história conforme as ilustrações, vai te contar e você vai se surpreender ou cair na gargalhada.

É um ótimo exercício para a quarentena com as crianças em casa. Vamos testar? Pegue um livro infantil aí na sua casa. A história é sobre o que?

Um exemplo, com apenas uma frase: “Xiquinho estava jogando bola lá no quintal….”

Ele estava jogando bola – exercícios, brincadeiras, o que a criança gosta de fazer?

No quintal – o que tem nesse quintal? Está chovendo? Com que roupa o Xiquinho está?

Xiquinho está com outras crianças? – Quem são seus amiguinhos preferidos? Eles estão cantando alguma música enquanto jogam bola?

Qual é o nome deste livro e quem escreveu? O que você sabe sobre o autor(a)?

Você gostou da ilustração? Vamos desenhar o Xiquinho com seu animal de estimação?

Outra dica: é você “sair” do livro. Montar um painel, um cartaz, um desenho, uma colagem com revistas. E ainda conversar com o autor. Tudo é possível!

Dicas de livros infantis

Amarelo – escrito por Marilza Conceição

Leitura compartilhada a partir de 4 anos
Leitura individual a partir de 7 anos
Editora Franco

Amarelo, um peixe que vive entre os corais, é fascinado por descobertas. Ele dança, canta, brinca e, sem esperar, entra numa enrascada e precisa lutar pela vida. Por sorte, os amigos o ajudam a escapar.

Conversa de Bicho – escrito por Célia Cris Silva

Leitura compartilhada a partir da gestação
Leitura individual a partir de 6 anos
Editora Franco

Uma narrativa para bebês que brinca com os sons dos bichos de forma divertida, ritmada, envolvente e estimulante.
Temas abordados: sons dos animais, rimas e humor

Lagartas e Borboletas – escrito por Ana Rapha Nunes

Indicado a partir de 10 anos
Editora Franco

Lara tem 12 anos e, rapidamente, vê seu mundo se transformar. Como enfrentar tantas mudanças em tão pouco tempo? Será que Lara encontrará as respostas?

 

Finalizo por aqui e te convido a conhecer meu blog, dentro da minha loja virual: www.leituragenial.com.br/blog. Lá, dou dicas do que fazer com os livros em mãos e trabalho com autores locais, que estão em Curitiba para conversarem com você!

Até a próxima leitura e boa diversão!

 


Adelita Becker, mãezinha, é turismóloga por profissão e depois de “muitas viagens” aterrissou no mundo da literatura infantil. Criou a Livraria Infantojuvenil Leitura Genial – hoje on-line – onde trabalha com autores locais. Seu primeiro livro, “Dix, o Dinossauro em Curitiba” tem a proposta de livro personalizado, onde o nome da criança aparece como protagonista. Tudo para incentivar o hábito da leitura!

3 Comments

  1. Larissa 29 de junho de 2020 at 16:20 - Reply

    Adoramos a Leitura Genial, especialmente o querido Dix!
    Amei as dicas de leitura!
    Vamos acompanhar sempre por aqui para aprender cada vez mais !!!

  2. Ivone 29 de junho de 2020 at 17:56 - Reply

    Excelente artigo. Está de parabéns.
    Conheço seu trabalho e sei que é feito com muito amor.

  3. Graciela 30 de junho de 2020 at 20:55 - Reply

    Adorei….pura verdade, percebia isso com meu filho!!!! Somos fãs da Leitura Genial

Leave A Comment