Festival da AIREZ Crypto Art Gallery abre espaço para as obras de arte digitais

Galeria curitibana é uma das primeiras do Brasil a realizar vendas de obras em NFTs, um novo tipo de transação financeira

As novas articulações das imagens no mundo da arte, novas formas de espacialidades, exibição de vídeos como forma de arte e as mais recentes modalidades de comercialização de obras audiovisuais estarão em foco no EXEXEX Festival de vídeo experimental, que ocorre no dia 31 de julho, de forma virtual e gratuita.
O festival promovido pela AIREZ Crypto Art Gallery, em parceria com o Cine Passeio e Fundação Cultural de Curitiba, terá lançamento de exposição, prêmio AIREZ/EXEX_NFT Video Art e palestras para refletir sobre processos artísticos e novos rumos do mercado de arte com as NTFs.
A AIREZ Crypto Art Gallery é o novo nome da AIREZ Galeria, fundada em 2015, que agora se transforma em uma das primeiras galerias de arte no Brasil especializada na venda de obras em formato NTF.
Embora ainda seja desconhecida do grande público, as NFTs parecem já ter se estabelecido no exterior. A famosa casa de leilões Sotheby’s vendeu este ano uma obra digital NFT por 16 milhões de dólares.
Sigla em inglês para Token não-fungível, NTF é uma nova forma de se comercializar arte, como uma chave criptográfica que certifica a autenticidade e originalidade da obra. Com a internet, as obras de arte ficaram mais difundidas, ou seja, podem ser compartilhadas entre inúmeras pessoas. Mas, quando uma pessoa compra uma obra de arte em NTF, ela se torna a verdadeira proprietária dela.
“As NFTs surgiram na esteira das criptomoedas, mas acabaram por resolver um problema antigo entre artistas de vídeo ou suportes alternativos que era o de como comercializar estas obras. As NFTs resolvem muito bem isso e inauguram uma nova era para estes artistas”, explica Guilherme Zawa, artista e curador da AIREZ Galeria, que já recebeu o evento The Wrong – New Digital Art Biennale que apresentou diversos artistas de GIF e Video.

Descoberta de novos artistas

Para conhecer novos artistas que vendam suas obras como NFTs, a AIREZ Galeria realiza o prêmio AIREZ/EXEX_NFT Video Art. O ganhador será anunciado durante o EXEXEX Festival de vídeo experimental.
A ganhadora ou ganhador será premiado com a aquisição de obra e a representação pela AIREZ Crypto Galeria. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site airez.art.br/premio-airez.
Quem não levar o prêmio pode ainda ter uma chance de figurar no festival. Um hackathon, em formato de maratona de criação de vídeos, será organizado nos dias 24 e 25 de julho. Os interessados podem se inscrever diretamente no site exex.art.br/hackathon. É preciso ser pré-selecionado para participar e o processo criativo poderá ser visualizado no dia do festival.

Exposição e processos criativos

A obra vencedora do prêmio AIREZ/EXEX_NFT Video Art estará presente na exposição EXPOEX 21′, também composta por artistas selecionados pela AIREZ Galeria em uma convocatória realizada para todo o Brasil, e pelo projeto Vídeo Correspondências, desenvolvido durante a disciplina de Videoarte e Videoinstalação e coordenado pela professora Aricia Machado do curso de Cinema e Audiovisual Unespar.

VEJA TAMBÉM: Caráter plural do acervo do Museu da Imagem e do Som é apresentado em mostra virtual

Os trabalhos poderão ser visualizados por meio da plataforma digital dedicada à visualização e interação com exposições de arte Mozilla Hubs. O link para o lançamento será disponibilizado às 9h da manhã do dia do festival pelo site exexex.art.br. As exposições ficarão em cartaz no até o dia 29 de agosto.
Durante o mês de julho, a AIREZ também apresentará uma nova leva de artistas junto a outros que já eram representados pela galeria antes. Entre eles está o artista argentino Franco Palioff, formado em engenharia nuclear e que se aplica à construção de obras de arte em 3D, realidade virtual e até robôs.

Novos processos artísticos

No período da tarde, o EXEXEX Festival de vídeo experimental ainda terá uma mesa-redonda com o artista Guerreiro do Divino Amor, finalista do Prêmio Pipa de 2019 e VJ Vigas, que refletirá sobre diferentes processos artísticos e suas relações com o espaço urbano e dispositivos audiovisuais. A mediação será da artista visual e professora Arícia Machado.
A programação ainda terá uma uma conversa sobre NFTs e os novos rumos do mercado de arte com a NFTrend, que será conduzida por Guilherme Zawa. Os links para as palestras também serão divulgados em breve no site exexex.art.br.
A curadoria do  EXEXEX Festival de vídeo experimental é de Aricia Machado, artista visual e professora, Flávio Carvalho artista me-dia art, curador da Bienal de Curitiba, pesquisador e diretor de arte, e Guilherme Zawa, artista visual e curador da AIREZ Crypto Art Gallery.
 
Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.