Curitibano lança e-book para quebrar paradigmas sobre autismo e superdotação

Leonardo Bertolli Kriger conta como é lidar com o preconceito e como criou coragem para contar sua história por meio das palavras

A Síndrome de Asperger muda a forma como as pessoas percebem o mundo e interagem com outras pessoas. É tratada como um dos perfis do autismo, chamado de Transtorno do Espectro Autista (TEA). Segundo uma pesquisa desenvolvida pelo Centro para o Controle e a Prevenção de Doenças do Governo dos Estados Unidos, cerca de 1% da população mundial tem algum tipo de transtorno.

No recém-lançado e-book “Você sente o que eu sinto?”, o estudante de Direito Leonardo Kriger conta sua história, desde o nascimento, passando pelo diagnóstico da Síndrome de Asperger, pela descoberta da superdotação, até os desafios que enfrenta nos dias atuais, aos 20 anos de idade.

Quem também participa do e-book é a psicopedagoga Liziane Pinho Bertolli Kriger, mãe do Leonardo, que explica como é ter um filho especial no prólogo. “Quando ele tinha 12 anos, resolvi levá-lo a uma neurologista, que nos deu o diagnóstico de Síndrome de Asperger. Juntamente com essa notícia vieram a incerteza, o medo, o pavor, mas o mais importante não nos faltou: o amor maior. Se já o amávamos, a partir desse dia, passamos a amá-lo muito mais”, relembra.

Na obra, Leonardo conta como a arte da escrita se tornou uma função terapêutica extremamente importante, fazendo com que ele conseguisse externalizar suas frustrações e anseios. O curitibano também dá detalhes minuciosos de toda a sua vida e, a cada página, traz um aprendizado diferente. “Dou algumas dicas de como as pessoas que convivem com a síndrome podem encontrar a própria identidade”, revela o autor.

VEJA TAMBÉM: Instituto Buko Kaesemodel lança canais no YouTube com dicas e séries sobre para X Frágil e Autistas

Numa das passagens, ele lembra que foi submetido a testes psicológicos que revelaram sua superdotação. Os testes mostraram que ele estava muito acima dos índices considerados normais para aquela faixa etária. “Se esse ‘super’ fosse um adjetivo para herói, meu ‘superpoder’ seria a peculiaridade. Portanto, ouvir que eu tinha superdotação foi algo que, no meio de tanta angústia, acabou por se tornar um farol que me ilumina até hoje”, ressalta.

Atualmente, Leonardo é estagiário de um renomado escritório de advocacia, onde, segundo ele, redescobriu a sua essência. “Demorei para descobrir que não sou Asperger, sou superdotado. Vivi como Asperger e, como Asperger, senti todas as dificuldades que eles enfrentam. Por isso, precisamos entender que precisamos nos amar mais e julgar menos”, finaliza.

O e-book “Você sente o que eu sinto?” está à venda por R$ 29,90 no site Hotmart.

Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Publicações Recentes

Projeto social arrecada doações para o Asilo São Vicente de Paulo

Instituição precisa de luvas, máscaras, toucas e fraldas descartáveis Nesta segunda-feira, 26 de julho, é comemorado o Dia dos Avós....
- Advertisement -

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.