Sem celebração: Dicas de filmes disponíveis no streaming sobre a ditadura militar no Brasil

Aniversário do golpe militar é um momento que não deve ser esquecido para evitar que novamente aconteça, mas não merece comemoração alguma

Camile Triska

Em 31 de março de 1964 começavam atos por todo o país que tiveram como desfecho a ditadura militar no Brasil, instaurada dias depois, em 9 de abril, pelo Ato Institucional nº 5. Os militares, junto com uma elite brasileira e o governo norte-americano, insatisfeitos com as reformas políticas propostas pelo então presidente João Goulart, apoiados também pelos opositores, civis conservadores, uma parte da imprensa e até da igreja católica, levaram a um regime totalitarista que durou 21 anos.

Com um discurso de combater o comunismo (Goulart era um político de alinhamento à esquerda, mas não comunista), a corrupção e a crise econômica, criaram para si plenos poderes, cassando direitos políticos de opositores, praticamente extinguindo as liberdades individuais, censurando a arte e a imprensa e perseguindo quem lutava a favor da democracia – perseguição essa que não culminava somente em prisões, mas em assassinatos e torturas (até de crianças).

Muitos diriam que só os “terroristas” eram presos e as mortes aconteciam em confrontos – sim, porque é o que os militares divulgavam e com a censura não havia como investigar a veracidade. Outros dirão que houve um milagre econômico – de fato, no início até houve um crescimento, mas que os militares não conseguiram sustentar e acabou com aumento da desigualdade social, arrocho de salários, explosão da dívida externa, uma inflação descontrolada e a década perdida dos anos de 1980 (ah, como eu lembro de falar para a minha mãe: compra hoje senão amanhã aumenta).

VEJA TAMBÉM: Ditadura militar é pano de fundo de novo livro de escritor radicado em Curitiba

Não vou nem falar da corrupção, se pesquisar no Google, você vai ver que ela só não era noticiada nos jornais, obviamente, porque os militares controlavam a informação, mas existia muito. Aliás, certamente muito mais do que a maioria das pessoas pensa. Enfim, não vou me alongar: AQUI, AQUI e AQUI tem informações que explicam melhor todo o contexto do Regime Militar no Brasil.

Enfim, o aniversário de um golpe militar não é para se comemorar, é para não esquecer porque não deve se reviver, é conhecer a verdadeira história (não os mitos inventados por muitos militares), é aprender que a ditadura não traz nenhum tipo de benefício para nós, o povo. A ditadura brasileira está para o brasileiro como o nazismo está para o alemão. Na Alemanha é crime fazer apologia ao nazismo. Certamente aqui deveria sê-lo também…

Por isso, se você quer aproveitar a noite de hoje para assistir um filme, que tal as películas brasileiras que têm esse período da história como pano de fundo? Separei algumas sugestões de títulos disponíveis na Amazon Prime, Neflix e Globoplay e outros que podem ser alugados no Looke ou YouTube.

Galeria F 
Direção: Emilia Silveira
Disponível na Amazon Prime Vídeo

Um road movie que narra a história Theodomiro Romeiro dos Santos, ex-militante do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário (PCBR).

Soldados do Araguaia
Direção: Belisario França
Disponível na Amazon Prime Vídeo

Documentário que conta a história e os traumas de militares da baixa patente do Exército Brasileiro que combateram na sangrenta Guerrilha do Araguaia

O que é isso, companheiro?
Direção: Bruno Barreto
Disponível no Globoplay

Baseado no livro homônimo de Fernando Gabeira, o filme conta a história do sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick por integrantes de grupos guerrilheiros que lutavam contra o regime militar.

Zuzu Angel
Direção: Sérgio Rezende
Disponível para aluguel no Looke

O filme conta a história da estilista Zuzu Angel, que teve seu filho torturado e assassinado pela ditadura e se tornou uma figura incômoda para os militares ao batalhar para localizar o corpo do filho.

Histórias que o cinema (não) contava
Direção: Fernanda Pessoa
Disponível na Netflix

Em um primeiro momento, parece um documentário sobre as pornochanchadas, mas é, na verdade, uma releitura histórica da ditadura pela diretora, que identifica formas de protesto contra o governo nesses filmes.

O dia que durou 21 anos
Direção: Camilo Tavares
Disponível para aluguel no YouTube

Documentário que mostra a participação dos Estados Unidos e do o embaixador Lincoln Gordon no Golpe de 64.

Eles não usam black-tie
Direção: Leon Hirszman
Disponível na Amazon Prime Vídeo

Os movimentos sindicais ganhando força no final da ditadura, com os trabalhadores buscando melhoria nos salários é um pano de fundo desse filme, baseado em uma peça de Gianfrancesco Guarnieri, que conta a história de um jovem operário alienado a sua realidade, mas que é filho de um militante sindical.

O ano em que meus pais saíram de férias
Direção: Cao Hamburguer
Disponível para aluguel no YouTube

Tendo como pano de fundo um drama familiar, o filme mostra como a Copa do Mundo de 70 foi utilizado pelos militares. Na história, um garoto fã de futebol é deixado com o avô enquanto seus pais viajam – mas, na verdade, eram dois militantes contra a ditadura militar que obrigados a se esconder. Com a morte do avô, o menino acaba indo morar com o vizinho enquanto espera o retorno do pais.

Hoje
Direção: Tata Amaral
Disponível para aluguel no YouTube

Uma ex-militante contra a ditadura militar se muda para um apartamento comprado com a indenização que ganhou pela morte do seu ex-marido. Mas, enquanto se muda, lembra das torturas que ambos sofreram durante o regime.

Tatuagem
Direção: Hilton Lacerda
Disponível na Netflix

O filme se passa em 1978, quando a ditadura militar começava a enfraquecer, mostrando a história do líder de uma ousada trupe de artistas que acaba se apaixonando por um soldado.

 

Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Publicações Recentes

Duas narrativas, um autor

Com textos sensíveis combinados a imagens de apurada técnica, André Neves acredita que as narrativas verbais e visuais andam...
- Advertisement -

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.