Peça teatral “Air Bag” discute a vida da classe média alta em ambiente inusitado

/, Eventos Culturais, Teatro e Circo/Peça teatral “Air Bag” discute a vida da classe média alta em ambiente inusitado

Devido ao sucesso, a temporada da peça teatral “Air Bag” foi prorrogada até o dia 17 de junho

Protagonizada por Patrícia Cipriano e Gabriel Gorosito, “Air Bag” fala sobre o fim do relacionamento entre um casal de classe média alta. Foto: Karla Vizone

A temporada de “Air Bag”, peça teatral da Processo Multiartes, foi prorrogada devido ao sucesso de público, que lotou todas as apresentações em sua primeira temporada. As novas sessões ocorrem entre os dias 13 a 17 de junho,  às 21h, nas quartas, quintas e sextas-feiras e às 19h aos sábados e domingos, no espaço alternativo Garagem MultiArte. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados uma hora antes do início. A classificação indicativa é 16 anos.

Com direção e texto de Adriano Esturilho, a peça é encenada em meio a carcaças de carros espalhadas sob o que restou de um galpão, em um enorme terreno baldio na região central de Curitiba. Protagonizada por Patrícia Cipriano e Gabriel Gorosito, “Air Bag” fala sobre o fim do relacionamento entre um casal de classe média alta, depois de 20 anos casados. Ela, uma advogada de sucesso e ele, um artista decadente.

Destilando uma ironia cruel, a peça expõem as fraturas da moral e dos bons costumes. Em um primeiro momento, o texto parece discutir apenas o fim de mais um casamento, mas a intenção, ao longo da peça, é provocar reflexões e jogar luzes sobre questões ligadas à nossa classe média alta, ao conservadorismo, aos valores que norteiam a criação dos filhos, os desejos pessoais e profissionais, enfim, os seus falsos valores.

A montagem tem no espaço cênico alternativo um de seus maiores desafios. Embaixo da cobertura do que restou de uma quadra poliesportiva, o publico poderá escolher entre acomodar-se nos bancos de carros velhos em meio aos restos de automóveis ou assistir de dentro de seus próprios carros, como se estivesse em um drive-in. Apenas seis carros, os primeiros a chegarem, terão a segunda opção.

Com um sistema de som 5.2, projetado para envolver a plateia, a aparição de um coro de seis performers complementa a encenação e reforça com ironia alguns dos signos aristocráticos levantados pelo texto, ao som de trechos clássicos eruditos misturados a outras referências e colagens pré-gravadas, completando esse efeito sonoro performático. O diálogo do teatro com a música ao vivo e com outras linguagens sempre esteve no norte de parte das pesquisas cênicas da Processo. “Agora, o desafio a mais é dar vida a uma peça em um grande espaço alternativo, ao ar livre, com música, luz e atores interagindo com o espaço urbano da cidade”, pontua o diretor. “No momento político que atravessamos, cada espaço ocupado pela arte e cada intersecção e reflexão sobre nosso tempo é uma conquista e um desafio”, completa.

SERVIÇO: Air Bag
Data: 13 a 17 de junho
Horário: 21h, nas quartas, quintas e sextas-feiras e às 19h aos sábados e domingos
Local: Garagem MultiArtes – Rua Inácio Lustosa, 397 – São Francisco
Entrada gratuita. Os ingressos devem ser retirados uma hora antes do início
Classificação indicativa: 16 anos

2018-06-11T15:20:28+00:00 11 junho - 2018 |0 Comentários

Deixe uma resposta