“Live da Esperança” reúne artistas para a criação de uma biblioteca em Campo Magro

Evento promovido pelo coletivo Movimento Gota D´Água Ação e Resistência ocorre nesta quinta, 17 de dezembro

Por Kristiane Rothstein
O cantor e ator Alexandre Nero, o guitarrista e produtor cultural Vladimir Urban, os cartunistas Benett e Solda, as cantoras Rogéria Holtz, Grace Torres e Laís Mann (acompanhada pelo músico Eduardo Ramos), os cantores Guego Favetti e Elio Chaves (do Samba da Resistência), a personagem Imperador Sem Teto, os escritores Sálvio Nien-kötter e Éle Semog, a artista de rua Biaflora Lima, o cineasta Aly Muritiba e o professor, tradutor, intérprete, escritor e poeta angolano Moisés António.
Esse é o time de artistas que se uniu para uma causa solidária: a criação de uma biblioteca na comunidade Nova Esperança, em Campo Magro. Sob o comando do músico Ulisses Galetto, do grupo Fato, eles participarão da “Live Esperança”, na próxima quinta-feira (17/12), às 20h, no Facebook do Movimento Gota D´Água Ação e Resistência.

Da esquerda para a direita, Imperador Sem Teto, Moisés Antônio, Vladimir Urban, Luiz Antonio Solda, Guego Favetti e Aly Muritiba. Foto: Divulgação

O evento virtual visa arrecadar fundos para equipar o espaço. “São artistas de vários segmentos, produtores e militantes das causas justas”, define Ulisses Galetto. “Nossa expectativa é de que a gente consiga sensibilizar o público participante a ajudar uma ação que é mais do que justa e que envolve centenas de famílias em situações limites de vida. Esse é o nosso principal objetivo.”
A iniciativa é do coletivo Movimento Gota D´Água Ação e Resistência, que nasceu organicamente pelas redes sociais em maio deste ano, como uma forma de reação à política econômica, social, ambiental e cultural do governo federal.
Da esquerda para a direita, Bioflora Lima, Sálvio Nien-kötter, Éle Semog, Alberto Benett, Grace Torres e Élio Chaves. Foto: Divulgação

“As ações do Gota D´Água nasceram pra lutar contra este caos em que nos metemos, sobretudo nos últimos anos [com a eleição de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão]. Isso, por si só, já é mais do que um motivo pra uma participação de toda a sociedade. Aliar esse movimento a uma realidade objetiva, de pessoas no limite da sobrevivência na luta por um lugar pra morar e por condições dignas de subsistência, é tudo o que se espera de quem deseja um mundo fraterno e igualitário”, diz Galetto, um dos primeiros artistas a apoiar o Movimento, antes mesmo da ideia da ação solidária.

VEJA TAMBÉM: Movimento SOS Vila Torres estende ações para bairros pobres de Curitiba e distribui produtos de higiene

Galetto participou, no dia 17 de setembro, das entrevistas semanais realizadas pelo Instagram, com a ancoragem da jornalista Thea Tavares, com o tema “O Governo Inimigo da Cultura. Eles têm medo do pensamento crítico” – confira a entrevista AQUI.
Vaquinha virtual
A “Live da Esperança” foi criada como forma de reforçar a renda arrecadada na vaquinha virtual aberta pelo coletivo no dia 30 de novembro e que esperava angariar R$ 10 mil – quantia orçada para a reforma do local que virá a ser a biblioteca. Mas, o que os integrantes não esperavam é que a meta seria batida no dia 12 de dezembro, cinco dias antes da live. Agora, conforme divulgaram em suas redes sociais, com a live e com as doações do financiamento coletivo mantido até 31 de dezembro, o objetivo do grupo é conseguir fundos para equipar o espaço com computadores, projetor de vídeos e outras necessidades, como móveis, por exemplo.

Comunidade Nova Esperança é formada por imigrantes vindos do Haiti e da Venezuela e brasileiros que perderam o emprego durante a pandemia. Foto: Acervo Movimento Gota D´Água Ação e Resistência

“Nossa intenção principal é que consigamos realizar esse sonho da comunidade que nos propusemos a fazer. Estamos confiantes de que conseguiremos sensibilizar e unir mais as pessoas em benefício de uma causa justa e do enfrentamento das desigualdades sociais”, explica Tina Demarche, jornalista que está produzindo a live.

Nova Esperança

Na comunidade Nova Esperança moram cerca de 1.200 famílias e 1.700 crianças, entre migrantes vindos do Haiti e da Venezuela, e brasileiros que perderam o emprego durante a pandemia.

Espaço que está sendo reformado para criação da biblioteca. Foto: Acervo Movimento Gota D´Água Ação e Resistência

Para Viviane Freitas, que já participa de outras ações solidárias e está à frente da reforma, essa ação é muito especial. “É uma ação diferente porque estou trabalhando pessoalmente, envolvendo minha família e, principalmente, porque vai ao encontro de meus ideais políticos”, diz a jornalista, que foi pessoalmente, com sua família, fazer os primeiros trabalhos de reforma no espaço. “Estamos nos envolvendo com a comunidade, fazendo diferença na vida dela e ela nas nossas e, com certeza, despertando esperança nos dois lados.”
O evento “Live da Esperança” terá apresentações ao vivo e vídeos gravados. As doações podem ser feitas até o dia 31 de dezembro pela plataforma Abacashi.
 
Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.

Deixe uma resposta

Publicações Recentes

Curso de Produção e Gestão Cultural: 25 vagas gratuitas em Curitiba

Está aberta a convocatória gratuita que vai selecionar 25 artistas de regiões descentralizadas de Curitiba para um Curso de...

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.