Giro pelo Brasil: Obra gratuita analisa a Escrevivência de Conceição Evaristo

Livro faz uma imersão no conceito da escritora mineira, reunindo o olhar de especialistas de diversas áreas

A Escrevivência, conceito criado pel escritora mineira Conceição Evaristo há 26 anos, é analisada em um livro que acaba de ser lançado pelo Itaú Social em parceria com a MINA Comunicação e Arte. “Escrevivência: a escrita de nós – Reflexões sobre a obra de Conceição Evaristo” se propõe a trazer novos olhares para esse conceito criado pelo autora das obras “Ponciá Vicêncio”, “Becos da Memória”, “Olhos D’Água”, entre outros.

Lançada durante o seminário virtual “A Escrevivência de Conceição Evaristo”, ocorrido em novembro passado, a publicação está disponível por tempo limitado para acesso virtual gratuito a partir de preenchimento do formulário de interesse AQUI.

Organizado por Isabella Rosado Nunes, diretora da MINA Comunicação e Arte, e Constância Lima Duarte, professora de pós-graduação em Estudos Literários da Universidade Federal de Minas Gerais, o livro reúne especialistas em literatura, educação, comunicação e escritores da literatura negra contemporânea.

Com 15 capítulos, a obra apresenta ensaios e opiniões em cinco dimensões: histórica, teórica, crítica, autobiográfica e relacionada ao letramento literário que a Escrevivência propicia. “Pesquisar e estudar a Escrevivência de Conceição Evaristo nos permite compreender uma complexidade que se expressa nos espaços literário, político e histórico. É ato de garantia de direitos, de formação. É acreditar que toda pessoa tem algo para compartilhar; e que, ao registrar ou publicar, promove sentidos, reconhecimentos e uma compreensão de vida livre e ampla, essencial para que se conheça e se respeite uma sociedade tão diversa”, explica Isabella Rosado Nunes.

Estudo da Escrevivência

O livro inicia com o capítulo “A Escrevivência e seus subtextos”, que traz um depoimento inédito de Conceição, descrevendo o surgimento da narrativa e como ela vem influenciando a escrita das mulheres negras, assim como o estudo da literatura nas universidades. A escritora fala ainda sobre a identificação a partir do ponto de vista da etnia e do gênero.

Outro parte marcante da obra é o texto “Da grafia-desenho e Minha Mãe, um dos lugares de nascimento de minha escrita”, um registro simbólico de criação da Escrevivência, apresentado pela primeira vez em 1995, durante o VI Seminário Mulher e Literatura, organizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Entre os artigos, a “Escrevivência em Conceição Evaristo: armazenamento e circulação dos saberes silenciados”, de Rosane Borges, jornalista e doutora em ciências da comunicação, defende a Escrevivência como princípio conceitual-metodológico potente para suportar as narrativas dos excluídos, já que considera as várias matrizes de linguagem para construir uma história.

Fernanda Felisberto, doutora em literatura comparada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no artigo “Escrevivência como rota de escrita acadêmica”, apresenta o termo como operador teórico para jovens estudantes negras.

A publicação traz ainda ensaios relacionados à educação, assinados pela superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann, e coordenadora de Engajamento Social e Leitura da instituição, Dianne Melo, além de artigos inéditos de Assunção de Maria Sousa e Silva, Denise Carrascosa, Eduardo de Assis Duarte, Islene Motta, Lívia Natália, Ludmilla Lis, Maria Aparecida Salgueiro e Maria Nazareth Fonseca. A designer e artista plástica Goya Lopes completa a obra com uma intervenção artística na literatura de Conceição, a partir de sua arte afro-brasileira.

“O conceito da Escrevivência deve ser universalizado para que todos possam, sem distinção de raça ou condição socioeconômica, se apoderar da linguagem escrita e dos mecanismos culturais e sociais de que necessitam para serem cidadãos atuantes nessa sociedade em constante transformação”, ressalta Angela Dannemann.

Oficinas de Autores

O livro é um dos resultados do “Projeto Oficina de Autores – Memórias e Escrevivência de Conceição Evaristo”, que apoia o desenvolvimento teórico do conceito-experiência e estimula a aproximação de pessoas à leitura e à escrita como direito. De 2018 a 2020, o projeto aconteceu nas redes de bibliotecas comunitárias associadas à RNBC (Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias) nas cidades de Belém (PA), Recife (PE), São Luís (MA), Salvador (BA), Duque de Caxias, Nova Iguaçu (RJ), São Paulo e, virtualmente, para as redes de bibliotecas de Belo Horizonte, Sabará (MG), Paraty (RJ) e Fortaleza (CE).

Nessas oportunidades, Conceição ministrou oficinas para mediadores de leitura, bibliotecárias, professores, educadores e jovens. Debateu sobre a importância da leitura e da escrita como possibilidades de reconhecer a voz dos mais variados grupos sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Publicações Recentes

Novo suspense de M. Night Shyamalan estreia no Cine Passeio

Programação desta semana ainda tem filmes ganhadores de Oscar e longa-metragem brasileiro O novo suspense do diretor M. Night Shyamalan...
- Advertisement -

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.