Confira 5 dicas para entreter as crianças longe dos aparelhos eletrônicos

Dar um tempo de aparelhos eletrônicos e estimular brincadeiras lúdicas e simples ajuda a estreitar laços familiares

Em tempos de quarentena, diversos pais têm sentido mais dificuldade em conseguir desconectar os pequenos dos aparelhos eletrônicos. Pensando nisso, a especialista em educação Janaína Spolidorio separou cinco dicas para fugir do tédio de forma mais lúdica e ativa, deixando de lado os celulares, tablets, TVs e computadores.

1. Explore a ludicidade

Use um ambiente da casa para criar uma brincadeira lúdica com a criança, explorando sua criatividade. Brinque que estão em uma estação espacial, que fazem parte de um show de dança, um desfile de moda, uma floresta cheinha de dinossauros. Esse tipo de atividade pode ajudar, inclusive, para estreitar laços familiares.

2. Dramatize uma história

A leitura é importante para a criança. Ela amplia horizontes, cultiva a curiosidade, melhora a interpretação e deve fazer parte de uma rotina. É um momento que pode ser propício para ficar longe dos aparelhos eletrônicos. Depois de ler faça um teatrinho com a criança, dramatizando a história, cada um faz um personagem e se diverte encenando a história! Aqui, no Curitiba de Graça, você ainda encontra dicas de livros infantis na coluna Leitura Genial.

VEJA TAMBÉM: Centro Juvenil de Artes lança 2º Concurso Paranaense de Desenho

3. Minichef de cozinha

A arte de cozinhar pode atrair os pequenos e eles podem aprender bastante com ela! Que tal fazer uma receita bem gostosa com a colaboração da criança? Além de ser uma atividade colaborativa, ainda é educativa, porque a criança aprende a dosar quantidades, ler receitas, seguir instruções, observar processos. Além disso, cozinhar pode ser muito divertido em família e até se tornar um momento rotineiro. E caso queira dicas de receitas, é só acessar a coluna Feijão com Arroz aqui, no Curitiba de Graça.

4. Imite animais

Crianças adoram animais! Aproveite a temática e brinque de imitar animais. Você fala o nome de um animal e ela tem que imitar. Uma opção é varias nos movimentos do animal. Você pode, por exemplo, pedir um elefante bebendo água ou um elefante correndo.

5. Brincadeiras de papel

Para os adultos parecem óbvias, mas muitas vezes as crianças nem conhecem algumas brincadeiras que são feitas no papel, como o jogo da forca, o jogo da velha, o stop e principalmente a batalha naval. Proponha um momento diferente para brincar, trazendo brincadeiras de sua infância, sejam elas de papel ou até outros tipos. Você pode se surpreender com o interesse da criança!

 

 

 

 

Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicações Recentes

Leitura Genial: Os livros infantis têm gênero?

Existe história especial para meninos ou meninas? Na minha humilde opinião, não Por Adelita BeckerTive uma livraria física, e nela,...

Mês da Consciência Negra é marcado por ações virtuais de museus

Atividades têm o objetivo de mostrar o trabalho de artistas negros e negras e discutir o silenciamento historicamente imposto à cultura afrobrasileira no Paraná A...

#CulturapeloBrasil: Festival de Cinema de Santos tem inscrições abertas para todo o país

Podem ser inscritos curtas-metragens de até 20 minutos e videoclipes O Curta Santos – Festival de Cinema de Santos (SP) está com inscrições abertas até...

Mulheres Paranaenses: Dirce Clève, uma mulher sintonizada com seu tempo

Professora, escritora, nomeando uma biblioteca e um concurso literário, ativista de direitos das mulheres, dona de casa, mãe e avó, Dirce Clève tem uma...

Festival Internacional de Percussão de Curitiba será transmitido pelo YouTube

A edição 2020 do Festival Internacional de Percussão terá 22 lives, entre apresentações musicais e palestras Neste ano, a terceira edição do FIP – Festival...

Veja Também

close-link