Publicado em 27 de julho de 2020

 Confira 7 dicas para te ajudar a tomar as melhores decisões profissionais

negócio proprio

Ser multitarefas, possuir liderança e protagonismo são características valorizadas pelo mercado. Foto: Reprodução/Internet

Por Geovana Santos

Uma pesquisa do IBGE mostrou que quatro em cada dez empresas fechadas nos últimos meses encerraram as atividades como consequência da pandemia.

Algumas empresas estão tentando de toda maneira manter o negócio em funcionamento, mesmo enfrentando diversas dificuldades. E vários profissionais cogitam a possibilidade de conciliar a carreira atual com uma segunda atividade no mercado tradicional, pode até ser como prestador de serviços, afinal, é tendência que o novo profissional seja multicarreira, isto é, que tenha diversas fontes de renda, principalmente dentro da sua área de atuação.

Mas como mencionar essa transição de empreendedor para empregado formal no processo de seleção? Será que o que eu fazia na minha empresa tem valor para o mercado? Essas e outras perguntas são frequentes e vale destacar que conhecimento é conhecimento, toda experiência é válida e faz parte do histórico profissional.

negócio proprio

Atuar em mais de um negócio aumenta seu repertório e as demais atividades tornam-se complementares umas às outras. Foto: Reprodução/Internet

Confira 7 dicas que irão te ajudar a refletir como potencializar o seu perfil profissional durante o processo seletivo:

1. Avalie como ficará o seu negócio próprio
Você continuará atuando em paralelo com outras atividades? Quem irá atender os seus clientes no período que estiver atuando em outra empresa?  É importante ter essas respostas para realmente conseguir atender as expectativas de todos os clientes, seja da sua empresa ou da empresa que está prestando serviços. Além disso, é necessário ser transparente com a empresa que está lhe contratando, fazendo os acordos e ajustes necessários antes mesmo da aprovação.

2. Reflita sobre quais áreas deseja atuar
Com a pandemia novas possibilidades profissionais e novos cargos estão surgindo. Reflita sobre o que você sabe fazer de melhor, as experiências que possui e como pode combinar para atender as demandas do mercado.

3. Pesquise a descrição das vagas
Ao ler a descrição, é possível ter um melhor entendimento das necessidades da empresa e o que se espera de você.
Fique atendo as Hard Skills (competências técnicas) e Soft Skills (competências comportamentais) necessárias para o desenvolvimento das atividades.

4. Monte um plano de ação sobre os pontos a desenvolver
Quais são os conhecimentos que se repetem na descrição das vagas e que eu não possuo? Onde eu encontro profissionais que possam me ajudar de forma rápida a desenvolver estes pontos? Vale lembrar que tem centenas de cursos gratuitos sendo oferecidos e que podem acelerar o seu desenvolvimento.

5. Tenha um currículo e Linkedin bem descritos
Utilizar palavras-chave, informações relevantes e apresentar resultados atingidos é fundamental para chamar a atenção dos recrutadores e head hunters. É preciso comunicar de forma assertiva e estratégica.

6. Informe a sua rede de contatos
Informe para toda a sua rede de networking sobre o seu desejo de atuar em outras empresas, inclusive clientes que você entenda que pode te ajudar a divulgar na rede dele, ou mesmo, lhe fazer uma proposta profissional.

7. Prepare-se para a entrevista de emprego
As entrevistas de emprego também passaram por mudanças, entenda quais são os novos formatos de entrevistas: on-line, presencial, com dinâmicas, focadas em competências, videocurrículo, entre outros. Ter um bom repertório durante a entrevista, com informações claras e objetivas, trazendo exemplos reais de como você lida com determinadas situações será o grande diferencial.

É hora de contar sobre você, a sua trajetória profissional, o que te levou a buscar por uma vaga no mercado tradicional, suas paixões e também os pontos a desenvolver, afinal estamos todos em desenvolvimento e trazer vulnerabilidade é tão importante quanto falar dos seus pontos fortes.

Empodere-se do profissional incrível que você é, afinal, ao longo da sua carreira muitas novas habilidades foram desenvolvidas. E ser multitarefas, ter capacidade analítica para resolver problemas complexos, criatividade, possuir liderança e protagonismo são características valorizadas pelo mercado e que certamente ao ser empreendedor terá grande diferencial e impacto nos negócios corporativos. Além disso, atuar em mais de um negócio aumenta seu repertório e as demais atividades tornam-se complementares umas às outras, dando sustentabilidade e tornando-o referência na sua área de atuação.

 

Geovana Santos mãentora

 

Geovana Santos é mentora de carreira, trainer e consultora de negócios. É idealizadora do Projeto Mãentora, que tem como propósito contribuir para que mulheres possam vivenciar a maternidade, encontrando a sua verdadeira identidade profissional.

4 Comments

  1. Alexandre 29 de julho de 2020 at 21:38 - Reply

    Excelente artigo

  2. Jhenifer 29 de julho de 2020 at 23:04 - Reply

    Muito bom!! Amei a materia, parabéns Geovana

  3. Juliana 29 de julho de 2020 at 23:35 - Reply

    Ótimas dicas!!!! Excelente

  4. Elaine 30 de julho de 2020 at 08:58 - Reply

    Uaaaaal, com toda a certeza me deu um Norte e uma direção com as informações desse artigo, as vezes pensamos em fazer algo e não sabemos nem como começar, e aqui foi pontual para essa tomada de decisão. Parabéns Geovana Santos.
    Informações riquíssimas.

Leave A Comment