Coach Sinistra: Se 2020 fosse uma pessoa, o que você diria pra ele?

É a hora dos conselhos da sua coach sinistra

Dezembro é aquele mês em que você já começa a fazer o balanço do que não deu certo. Ou que você fica tentando salvar alguma coisa pra dizer que não foi um ano totalmente perdido. Encontra dez reais na japona antes de lavar na máquina e se ajoelha, agradecendo que o seu rico dinheirinho não despedaçou na água.

Em um ano de pandemia e de governo negacionista, o que salvaria 2020? Ganhar sozinho na mega-sena? Você acordar e perceber que essa loucura toda de 2020 foi apenas um pesadelo? Encontrar o seu galã favorito? Ora, quem prefere galãs…

Mas, e se 2020 fosse uma pessoa, o que você diria ou pensaria sobre ele? Hum… Nossa coach sinista dá umas ideias.

Se fosse um adolescente cheio de iniciativas…


E se 2020 é aquela Barbie que você de-tes-ta!


Pode até reclamar de 2020, mas jamais reclame perto daquela inimiga da society, né?


Ah, sabe de uma coisa, 2020 já tá acabando… deixa pra lá

 


Érica Busnardo é jornalista desconfiada há 22 anos, formada pela PUCPR, tendo no currículo histórias captadas ao longo desse tempo em redações de jornal e assessoria de imprensa. É mãe coruja do João Pedro e do Vico – sempre constantes em seus causos – esposa do Jé e cronistas nas horas vagas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicações Recentes

Marcos Meier fala sobre “birras” em palestra on-line

O evento gratuito ocorre no dia 9 Seu filho grita, chora, bate o pé toda vez que é contrariado? Nesses...
- Advertisement -

Veja Também

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
1vbOJm4gRLHIeVVCT3VKjoSf3gUTH4wpm3RqkByOFLr5dpTNpnfG0zRzWqFtH2zDleb85kuSfcU8zHc5lgdOnw==