Adeus ao Bicho do Paraná

Morre João Lopes, o cantor e autor de Bicho do Paraná, o hino popular dos paranaenses

bicho do paraná
João Lopes compôs o hino popular dos paranaenses na década de 80. Foto: Dani Santana (Facebook)

Por Irma Bicalho
Na madrugada do dia 18 de maio o Paraná perdeu mais um filho ilustre. O cantor e compositor João Lopes, figura lembrada pela sua composição Bicho do Paraná, morreu aos 69 anos, vítima de um câncer no pulmão.
João Lopes da Silva, nasceu em Califórnia, norte do Paraná, em 25 de maio de 1950. Trilhou um estilo musical que ficou conhecido como rock rural, fazendo referências às boas coisas do interior, que mesmo quem vem para a cidade grande jamais esquece.
A primeira vez que ele pisou num palco em Curitiba, foi em 1978, a convite de um amigo que deve recebê-lo em festa no céu, Ivo Rodrigues, da banda Blindagem. Três anos depois lançou seu primeiro disco, “João Lopes”, gravado pela Continental. É neste trabalho que está a faixa “Bicho do Paraná”, que se tornou uma espécie de hino dos paranaenses. Os outros discos lançados por Lopes foram Pé Vermelho (1988), O Homem e a Natureza (1991), Interiores (1996), Bicho do Paraná Acústico (2005) e Vamos Cantar (2013).

Nada de gato de Ipanema

Quem viveu nos anos 80 é bem capaz de lembrar de como a música Bicho do Paraná foi parar na ponta da língua dos paranaenses. Uma campanha publicitária do Banco Bamerindus, que enaltecia o estado através de sua gente, utilizou a gravação como trilha sonora.
Os anúncios, exibidos em horário nobre, como nos intervalos do Jornal Nacional, apresentavam figuras de destaque do estado, artistas, empresários, esportistas, escritores entre outros. E terminavam sempre com o refrão eternizado por João Lopes: “eu não sou gato de Ipanema sou bicho do Paraná”

Homenagem

Em 2011, João Lopes recebeu o título de cidadão honorário de Curitiba e a condecoração da Ordem Estadual do Pinheiro. Uma importante homenagem, ofertada aos que se destacaram em suas áreas de atuação, pela notoriedade do saber ou por serviços relevantes prestados ao Paraná.

VEJA TAMBÉM: IRA! está de volta com tudo

João Lopes será sempre lembrado por cantar e valorizar a nossa cultura. Nunca cortou seus cabelos para ficar parecido com o gatos de Ipanema, nem se rendeu ou se vendeu aos apelos comerciais que pudessem desviá-lo de seu caminho.  Quer conhecer outros sucessos de João Lopes e descobrir o que desencadeou a inspiração para compor “Bicho do Paraná”, o hino popular dos paranaenses? Ouça do próprio artista, no programa Ciclojam, gravado em 2003 e dirigido por Cyro Ridal. São duas partes. Aproveite!
 
[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=Tyjdo2-eUNw&feature=share” align=”center” title=”Ciclojam João Lopes Parte 1″ /]
[arve url=”https://www.youtube.com/watch?v=Fa-cOetie7E&feature=share” align=”center” title=”Ciclojam João Lopes Parte 2″ /]
 
 
Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

Deixe uma resposta

Publicações Recentes

Curso de Produção e Gestão Cultural: 25 vagas gratuitas em Curitiba

Está aberta a convocatória gratuita que vai selecionar 25 artistas de regiões descentralizadas de Curitiba para um Curso de...

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.