Romance do escritor curitibano Guido Viaro ganha primeiro lugar no Prêmio Biblioteca Digital

“O cubo mágico”, e-book inédito de Guido Viaro, terá lançamento oficial durante a Festa Literária da Biblioteca Pública do Paraná

Por Camile Triska

Uma viagem de descobertas pela França foi a história vencedora na categoria Romance do Prêmio Biblioteca Digital, promovido pela Biblioteca Pública do Paraná. O livro “O cubo mágico”, que será lançado em e-book, foi escrito pelo autor curitibano Guido Viaro.

A obra narra as aventuras de um jovem francês que sonha em ser escritor, mas, desiludido, convence uma prostituta do Leste Europeu a fazer uma viagem, que segundo o escritor curitibano, traz várias surpresas e novas experiências para ambos. “É um livro honesto, cheio de reflexões e dúvidas, mas também engraçado e gostoso de ler”, considera.

Escrito entre julho e novembro deste ano, durante a pandemia, Guido criou o enredo influenciado por vários aspectos de sua vida e gostos pessoais. “Acho que a inspiração nasce todo dia, não houve algo específico, mas uma combinação de fatores: meu gosto pela França, minha opção por escrever, o amor por viagens, tudo junto misturado e aconteceu.”

Essa é a terceira obra lançada por Guido somente este ano. Em abril, ele publicou “Via Alpina” e em outubro, “Trem”, ambos em formato impresso pela Editora Insight. Escritor há 20 anos, seu currículo tem 19 publicações, incluindo os últimos três lançamentos.

VEJA TAMBÉM: Prosadores-poetas são convidados da sétima edição do projeto “Às vezes, aos domingos”

O escritor ainda é administrador do Museu Guido Viaro, que também era o nome do seu avô, artista ítalo-brasileiro (1897-1971,) e já se enveredou na área audiovisual, produzindo quatro filmes, mas foi na escrita que encontrou sua maior aspiração nas artes. “Desde muito pequeno desejava me expressar de maneira artística, o cinema é uma arte coletiva e tinha dificuldades em administrar equipes. A literatura foi uma paixão que me tomou e que pretendo continuar enquanto viver”, revela.

Premiação

O Prêmio Biblioteca Digital selecionou 12 obras inéditas, entre Romances, Contos, Poesias e Infantis, todas para publicação em formato e-book. Segundo Guido Viaro, essa pode ser uma maneira de ajudar a conquistar mais leitores.

“Há toda uma geração que não tem mais o contato físico com o livro de papel, mas que tem vontade de ler e descobrir novos mundos, a mudança de suporte pode facilitar a abertura para esses novos leitores”, comenta.

Todas as publicações premiadas serão disponibilizadas em uma coleção para download gratuito. Entre os premiados ainda estão mais dois paranaenses: Rodrigo de Jesus Quintiliano, com o romance a obra “Tapiribi — Margens Penadas” e na categoria Poesia, o maringaense Alexandre Gaioto, com o livro “Não Há Dezembro Neste Breu” – ambos ficaram com o segundo lugar.

O lançamento oficial das obras será no dia 9 de dezembro, às 17h30, em uma live na programação da Flibi – Festa Literária da Biblioteca Pública, que terá a participação dos autores vencedores dos primeiros lugares nas quatro categorias, incluindo Guido Viaro.

 

Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicações Recentes

Exposição de Yutaka Toyota volta a cartaz no Museu Oscar Niemeyer

Mostra traz 86 obras do artista, um dos pioneiros do movimento cinético internacional e da arte interativa A premiada exposição...
- Advertisement -

Veja Também

close-link
1vbOJm4gRLHIeVVCT3VKjoSf3gUTH4wpm3RqkByOFLr5dpTNpnfG0zRzWqFtH2zDleb85kuSfcU8zHc5lgdOnw==