Espetáculo de dança da Selvática Ações Artísticas busca uma estética do exagero

Selvática Ações Artísticas apresenta “Mil Besos” no Festival de Artes Cênicas de Bauru

Como se dança um exagero? A proposta do espetáculo “Mil Besos”, de Gabriel Machado é justamente essa. Com 5kg de papel craft na cabeça, o performer da Selvática Ações Artísticas se apresenta no 9º Festival de Artes Cênicas de Bauru – FACE, nesta terça, (03/11), às 20h, com transmissão pelo canal do evento no YouTube. Após a apresentação haverá um bate-papo com Gabriel, sobre o processo de criação da obra.
“Mil Besos é uma busca, através da dança, de encontrar espaços para um corpo monstruoso, um corpo exagerado, que transborda. Entender a dança como uma potência para a criação de outras ficções, e transformar o corpo numa ficção que possa extrapolar os limites do que a gente entende por ser humano, por realidade”, explica Gabriel Machado.
A obra é parte da pesquisa que o performer está desenvolvendo há dez anos sobre a a infiltração de tecnologias e recursos midiáticos no corpo humano e as transformações do corpo enquanto objeto virtual. O trabalho foi contemplado pelo Programa Iberescena de Criação Coreográfica em Residência, em parceria com a Fundação Nacional da Artes – Funarte, Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná e Fomento à Dança – Lei de Incentivo a Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba.

VEJA TAMBÉM: Rumo de Cultura lança áudio série inspirada em Nikola Tesla

O 9º Festival de Artes Cênicas de Bauru terá 19 apresentações gratuitas de teatro, dança, performance e audiovisual. Grupos de seis estados brasileiros participam desta edição, além de duas atrações internacionais, de Portugal e da Noruega.
O tema do festival, Lugar Manifesto, propõe reflexões sobre as múltiplas crises que atravessam a atualidade. “Os artistas e grupos que compõem a programação formam um conjunto de diferentes visões que se complementam, contrastam e ampliam horizontes, fazendo do festival um espaço de crítica e de catarse”, comenta o diretor artístico e curador do evento, Fábio Valério.
Os espetáculos serão transmitidos ao vivo e não ficarão disponíveis após a apresentação. Para receber um aviso antes de cada espetáculo, é possível se cadastrar no site www.facebauru.art.br ou enviar um whatsapp para (14) 99748-6972.

Pesquisas cênicas

O FACE é uma mostra não-competitiva que aborda as pesquisas cênicas contemporâneas com uma programação completamente gratuita de espetáculos e atividades de formação, entre oficinas, palestras e bate-papos, com o objetivo de possibilitar o intercâmbio entre artistas, estudantes das artes cênicas e público. As atividades formativas começaram no dia 20 de outubro e vão até 14 de novembro. É possível se inscrever até 24 horas antes da atividade pelo site do evento, onde está disponibilizada a programação das atividades.

Programação de espetáculos do 9º Festival de Artes Cênicas de Bauru
Todos são transmitidos gratuitamente no canal do YouTube do festival

3 de novembro
20h
Mil Besos
Selvática Ações Artísticas (Curitiba-PR)
Classificação: Livre
Como se dança um exagero? A partir de um material autoficcional e estudos sobre exagero e monstruosidade, Mil Besos é uma performance solo do artista brasileiro Gabriel Machado. Um corpo que tenta manter-se em pé com 5kg de papel craft na cabeça. Low-tech e high-tech em busca do grotesco, do inumano, do super humano.
4 de novembro
20h
Grand Pas de Deux de Carnaval em Veneza
Grand Pas de Deux de Esmeralda
Aparições
São Paulo Cia De Dança (São Paulo-SP) – Criada e mantida pelo Governo do Estado de São Paulo, dirigida por Inês Bogéa
Abertura: Cia Estável De Dança – Morte E Vida Severina
Classificação: Livre
Grand Pas de Deux de Carnaval em Veneza: Criada originalmente sob inspiração de temas da peça Carnavale di Venezia (Op. 10), de Niccolò Paganini, essa obra integra o repertório clássico de grandes companhias. O Grand Pas de Deux de Carnaval em Veneza traz para a cena um duo clássico vibrante e virtuoso, que remete aos bailes de máscaras da Europa do século XVII.
Grand Pas de Deux de Esmeralda: Inspirado em Notre-Dame de Paris (conhecido como O Corcunda de Notre Dame), de Victor Hugo. Apresentada pela primeira vez em 1844 por Jules Perrot. Conta a história da cigana que se apaixona por Phoebus, oficial da guarda na Paris do século XV. Entre as dificuldades do casal está a noiva do oficial, da alta sociedade. A criação da SPCD contempla um grand pas de deux da obra original, onde Esmeralda e Phoebus comemoram a possibilidade de viver o amor.
Aparições: Criação da coreógrafa contemporânea Ana Catarina Vieira para a SPCD, Aparições se inspira nas obras de Portinari, César Guerra-Peixe e nas danças populares do nordeste. Os figurinos e elementos cênicos de Marco Lima ampliam o gesto no espaço. A luz de Wagner Freire dialoga com os elementos e contribui para a dramaturgia. Seguindo o protocolo de distanciamento social, o elenco é formado por bailarinos que já convivem pessoalmente em seu cotidiano.
5 de novembro
19h
Ato XI – Ailton Krenak
A Galinha dos Óvulos de Ouro
Anatomia de um Afecto
A Fila para o Pão
Samara Azevedo e Daniel Moutinho (Lisboa, Portugal)
Classificação: 16 Anos
ATO XI – Ailton Krenak, Samara Azevedo: Em 1987, durante a Assembleia Constituinte, para defender artigos que tratavam da garantia de direitos para os povos originários, Ailton Krenak subiu na tribuna da Câmara dos Deputados. Num gesto inesperado, pintou o rosto de preto. Conseguiu silêncio e atenção, quase impossíveis no tocante à realidade das sessões no Congresso Brasileiro. Samara Azevedo reencena este gesto, que se transformou em um dos 17 Atos que performou a partir da investigação do Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade de 2016.
A Galinha dos Óvulos de Ouro, Samara Azevedo: A quem pertence um útero? Quem tem direitos sobre a escolha reprodutiva de uma sociedade? Quais os limites coletivos nas decisões sobre os corpos? Uma interrupção de uma gravidez é um crime ou um direito?
Anatomia de um Afecto, Daniel Moutinho: Um vídeo documental performativo feito com imagens de Outra Lição de Anatomia. Um diálogo com as imagens de um evento passado. Uma inscrição como uma forma de estar perante as imagens. Uma conversa com elas, de quem fala de um lugar de intimidade sobre a morte, sobre a vida (o trabalho, o tempo, a solidão, as memórias, a arte).
A Fila para o Pão, Daniel Moutinho: A Fila para o Pão é uma subversão da figura do Super-Homem. A Fila para o Pão é um filme sobre as lutas do dia-a-dia. A luta humana, a do Clark Kent, ser inseguro, trapalhão mas alter-ego de um Super-Homem. Na dissonância entre a narração e o filme emerge o mundano de ser pessoa, entre a realidade, a da espera, das tentativas de sobrevivência (de prevalecer), e as impossibilidades extraordinárias de um Super-Homem.
6 de novembro
20h
Desmontagem Evocando os Mortos – Poéticas da Experiência
Tribo De Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz (Porto Alegre-RS)
Classificação: 16 Anos
A Desmontagem refaz o caminho do ator na criação de personagens emblemáticos da dramaturgia contemporânea. Constitui um olhar sobre as discussões de Gênero, abordando a violência contra a mulher em suas variantes, questões que passaram a ocupar centralmente o trabalho de criação do grupo Ói Nóis Aqui Traveiz.
22h
Nada Escapa Ao Vazio
Protótipo Tópico (Bauru-SP)
Classificação: 14 Anos
A janela, a parede, a cadeira e o Hábito. O tempo é como um livro, chuva, vidraça, acender e apagar de luzes, o dia, o tédio e a noite. NOVAMENTE. De funerais em funerais presos entre a parede vazia e persiana fechada, sem fotografias. Acrescente mais 30 segundos na sua história de existência. NOVAMENTE. Quantas noites viveu até hoje? Já é tempo de parar. NASCER A janela, a parede, a cadeira e o Hábito. O tempo é como um livro, chuva, vidraça, acender e apagar de luzes, o dia, o tédio e a noite. NOVAMENTE. De funerais em funerais presos entre a parede vazia e persiana fechada, sem fotografias. Acrescente mais 30 segundos na sua história de existência. NOVAMENTE. Quantas noites viveu até hoje? Já é tempo de parar. NASCER
7 de novembro
16h
Stemmestammen
Karstein Solli Productions (Noruega)
Classificação: Livre (teatro para bebês)
StemmeStammen é uma palavra norueguesa criada na qual «stemme» significa voz e «stammen» significa o tronco de uma árvore ou estar situado no meio de uma tribo, e explorará voz e o movimento com um grupo de 4 performers experientes em canto, dança e teatro. Com um processo criativo focado em cores e sons, a obra é voltada para bebês.
20h
Poesia e Melodia (Work in Progress)
Não Cia De Teatro (São Paulo-SP)
Classificação: 14 Anos
Poesia e Melodia é um retrato artístico-social do grito de amor extraído das gargantas de corpos negros contemporâneos. O público acompanhará a trajetória amorosa de um personagem cuja dramaturgia é composta por um compilado de poesias vindas de afrodescendentes do Brasil inteiro, como Regina Luz, Jonathan Raimundo, dentre outros.
8 de novembro
16h
A Dança da Ema – Kohixoti Kipaé
Mariza Basso Formas Animadas (Bauru-SP)
Classificação: 10 Anos
Após ampla pesquisa na Aldeia Kopenoti em Avaí com a família Sebastião e assessoria do Terena Irineu Nje’a, A Cia Mariza Basso Formas Animadas estreia “A Dança da Ema – Kohixoti Kipaé” em junho de 2019.
20h
Inner Space
Sigma Cia De Dança (Bauru-SP)
Classificação: Livre
“INNER SPACE” é um espetáculo de dança contemporânea que trabalha com o conceito de tempo e espaço e a relação afetiva com o nosso “eu” interno e o externo.
9 de novembro
20h
A Tragédia Mais Insignificante do Mundo
Teatro Das Cabras (Natal-RN)
Classificação: 14 Anos
Em três atos, uma perita criminal se depara com uma cena de crime. Três cabras foram assassinadas e a personagem precisa compreender o fato. Através de análises, interrogatórios e até um jantar com o suspeito, a figura busca entender como uma criatura se torna capaz de matar outras criaturas. Uma dissecação teatral sobre o tema da violência.
10 de novembro
20h
Napoleão
Pavilhão Da Magnólia (Fortaleza-CE)
Classificação: 10 Anos
Napoleão é um menino tímido e cheio de futuro. Seu sonho é cantar e sua maior aventura é tentar entender o mundo ao seu redor. Ele é um herói escondido dentro de nós. A peça fala da infância contemporânea e os desafios que ela traz à família e à educação. O texto e a direção são de Marcelo Romagnoli (SP) e teve pré-estreia na 9º edição do TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará.
11 de novembro
20h
Jogada Final
Inércia (Bauru-SP)
Classificação: 12 Anos
O grupo InérCia apresenta o espetáculo “Jogada Final”, que retrata um cenário pós-apocalíptico onde os últimos sobreviventes da humanidade, mutilados e sozinhos, encontram-se num galpão vazio, apenas na companhia um do outro, dedicando o resto de seus dias à um jogo de conversas desconexas.
12 de novembro
20h
Limbo
Núcleo Solar De Teatro (Bauru-SP)
Classificação: 16 Anos
O encontro após a morte. Olhar pro passado para conseguir encarar o caminho da evolução espiritual. Um corpo, um povo, um país: como é cair no esquecimento de Deus?
13 de novembro
19h
Nuvem
Agrupamento Núcleo 2 (São José Do Rio Preto-SP)
Classificação: 14 Anos
*É necessário fazer inscrição no site do evento para assistir
Nuvem é uma obra online interativa. Teriam as nossas palavras e ações um destino sombrio? Jef Telles caiu nessa armadilha sem volta, desse labirinto infinito. Passado e futuro se confundem numa senzala de vaidades e atrocidades naturais. O caminho é solitário, onde você faz as suas próprias escolhas.
14 de novembro
16h
Mostra Audiovisual
Performing Project (Bauru-SP)
Classificação: Livre
Mostra Audiovisual que conecta 15 diferentes vídeos de diferentes artistas a partir da proposta “Lugar Manifesto: O que te sobra de poesia e manifesto nas esquinas da cidade?”. Após a exibição, haverá um debate pelo Google Meet com a presença dos participantes da Mostra: Andressa Francelino, Fábio Valério, Mariana Boico, Giovanni Alberti, Juliana Ramos, Fabíola Gonçales, Daiane Baumgartner, Álvaro Canholi, Gabriel Duarte, Gael Gramaccio, Caroline Gomes e com os profissionais do audiovisual Rogério Borges, Liene Saddi e Kit Menezes.
20h
Máfia
Cia Para Pessoas Solitárias (São José Do Rio Preto-SP)
Classificação: 14 Anos
A partir do atrito entre a realidade nacional e a indústria hollywoodiana a peça atualiza o conceito clássico de Máfia. Em meio lembranças e fake news o público assiste à construção de um novo Poderoso Chefão: não mais aos moldes clássicos de Don Corleone, mas a partir de uma referência mais atual, tropical e boçal.
15 de novembro
20h
Talvez isso não seja totalmente preciso, mas aqui está
Protótipo Tópico (Bauru-SP)
Classificação: 16 Anos
A morte brutal de uma menina de nove anos, Mara Lúcia Vieira, em 1970, na cidade de Bauru, é o disparador para uma sequência de cenas poético documentais que buscam tentar entender a brutalidade de ontem que persiste no hoje. As lembranças de uma amiga de Mara, fragmentos do texto memórias do subsolo de F. Dostoiévski, reportagens sobre o fato e o próprio assombro dos artistas envolvidos se misturam na construção em cena de uma memória fabricada.

Deixe uma resposta

Publicações Recentes

Curso de Produção e Gestão Cultural: 25 vagas gratuitas em Curitiba

Está aberta a convocatória gratuita que vai selecionar 25 artistas de regiões descentralizadas de Curitiba para um Curso de...

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.