Em tempos de pandemia, que tal espalhar o amor?

Projeto Semeando Amor grava vídeos com mensagens para você enviar aos seus familiares e amigos nesta quarentena

Por Carlos Bório
Nesses tempos de pandemia, de isolamento social, de confinamento em casa, de tanta notícia triste a cada instante, chega uma hora que a gente não aguenta mais. Para aliviar esta angústia, um grupo de voluntários de Curitiba está com uma ideia muito legal para levar coisas boas a quem está isolado, longe dos familiares e amigos. Se você está sem ver aquele seu familiar que você tanto ama, que tal enviar uma bela mensagem pra ele?
Esta é a ideia do Projeto Semeando Amor, que nasceu em 2013 através da arte do palhaço, promovendo intervenções culturais e lúdicas. “Nós começamos o projeto com visitas em lares infantis e casas de acolhimento com atividades culturais, lúdicas, não apenas uma recreação. Sou formada em pedagogia e queria fazer alguma coisa que tivesse relevância na vida daquelas crianças e que pudesse agregar no dia a dia delas, seja no lar ou na escola”, contou Letícia Witzki Morona, uma das fundadoras do grupo.
Em 2016, eles começaram a atuar em hospitais também. “Eu já atuava em hospitais desde 2012 por outro grupo, mas tive que sair para me dedicar exclusivamente a este meu projeto Semeando Amor. Nós fazemos nossas atuações através da palhaçaria. Eu me encantei pela arte do palhaço. Eu vi uma foto de uma pessoa vestida de palhaço com uma criança num hospital, me encantei e falei, é isso que eu quero para a minha vida”, explicou ela.
Muitas vezes, a atuação dos palhaços é a única visita das pessoas que estão internadas. Antes da pandemia eles visitavam mensalmente os seguintes locais: Hospital Marcelino Champagnat, Hospital Cajuru, Hospital São José e uma casa de acolhimento infantil. Mas, agora, com o coronavírus, isso não é mais possível.

VEJA TAMBÉM: Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná é apresentado direto da casa dos músicos

“Com essa quarentena toda, com as pessoas não podendo sair de casa e acompanhando as notícias na televisão só estava vendo coisa ruim. Meu Deus não tem nada de bom passando, não é possível que não tenha uma ação legal que esteja acontecendo, que só passa desgraça. Aí eu falei, eu preciso fazer alguma coisa em casa. Porque o meu trabalho como palhaça, como humanizadora, não pode parar. Então, eu com o grupo, decidimos fazer um plantão virtual, que nós chamamos de Plantãonildo. A ideia é que as pessoas mandem mensagens para a gente mandar para outras pessoas”, disse.

Espalhando o amor

Por exemplo, você quer mandar uma mensagem para a sua mãe, pois não vive com ela, que está longe, e não consegue visitá-la devido à toda esta situação atual. “A gente faz um vídeo pra ela, com a mensagem que você quer deixar e colocamos um pouco de graça, colocamos uma música, enfim, cada palhaço tem a sua performance. E a gente envia o vídeo em torno de um minuto, dois minutos. Está tendo um resultado muito positivo. As pessoas para quem estamos mandando as mensagens estão se emocionando e automaticamente emociona a gente também. Eu não imaginava a proporção que isso ia fazer na vida de quem está recebendo os vídeos”, relatou Letícia.
Para que mais pessoas saibam deste projeto, nós, do Curitiba de Graça, estamos divulgando esta excelente iniciativa. “Quem está recebendo está gostando, está achando legal, pois é uma maneira de ser lembrado. Tal pessoa lembrou de mim e alguém que eu nem conheço, se preocupou em fazer um vídeo. Os feedbacks que a gente está recebendo são muito bacana e estão nos deixando muito emocionados”, lembra.
Além da Letícia, também fazem parte do grupo Mateus, Amanda, Raquel, Joice, Algacir, Marcele, Marcelo, Gleici que se “transformam” nos palhaços Pipoca, Pipoco Poca Zoi, Poesia, Tatata Hope, Joinha, Pancinha, Blessy, Pion e Cupcake. “A gente ama este trabalho e os voluntários são muito dedicados. A gente entende a importância do nosso trabalho, que vai além da questão de ser divertido, do palhaço, é a questão de ser humano se importar com o outro. O princípio do nosso projeto é mostrar nosso amor e nosso carinho para quem a gente conhece e para quem a gente não conhece. Nós acreditamos que o amor é que devia ser essa pandemia espalhada por todos os lados”, observa Leticia.

Como solicitar um vídeo?

Gostou e quer enviar um vídeo para alguém? Basta entrar em contato por mensagem no Instagram (aqui) ou na página do Facebook (aqui) do projeto. É totalmente gratuito!
 
Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

Deixe uma resposta

Publicações Recentes

Últimos Dias para Visitar a Exposição Poty Expandido na CAIXA Cultural Curitiba

Com entrada gratuita, confira a homenagem ao artista curitibano Poty Lazzarotto. A exposição vai até 30 de junho. Exposição Poty...

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.