Dia do Comerciante: Ajude a aquecer negócios de bairro

Para comemorar o Dia do Comerciante nada melhor que comprar dos pequenos negócios de bairro e ajudar quem está perto de você

foto mostra uma mulher pagando a conta com cartão
Nesta quinta, dia 16 de julho, é o Dia do Comerciante e para comemorar, ajude os pequenos negócios de bairro. Foto: Pressfoto

Com a pandemia do coronavírus, a situação ficou dramática para muitos comerciantes, que viram seus faturamentos despencarem em poucos meses e suas clientelas desaparecerem. Por isso, nesta quinta-feira, dia 16 de julho, quando se comemora o Dia do Comerciante, o melhor que você pode fazer é valorizar quem está por perto. Os pequenos comércios de bairros são os mais atingidos pela crise e precisam muito da ajuda de seus vizinhos.
Segundo dados do Sebrae, 99% das empresas brasileiras são micro ou pequenas. O comércio é a maior concentração, correspondendo a 41% desses pequenos negócios. Mais da metade dos empregos formais, cerca de 54%, também é garantido pelas empresas menores.
Para ajudar a dar visibilidade a esses pequenos comerciantes de bairro ou prestadores de serviços, o Curitiba de Graça criou a Rede do Bem, um portal que reúne informações e contatos de micro e pequenas empresas. Então, se você precisa de alguma coisa, acesse a Rede do Bem e procure por um comerciante próximo de você.
No site, você encontra os mais variados produtos, desde marmitas e alimentos orgânicos até brinquedos, rações para animais, cosméticos, utilidades para a casa e um dos principais acessórios para este momento em que vivemos: máscaras de proteção caseiras. O portal ainda reúne outros serviços, como eletricistas, assistência técnica de informática, aulas on-line de música, idiomas, pilates e artesanato, psicólogos e muito mais.

Como surgiu o Dia do Comerciante

O Dia do Comerciante foi criado no dia 26 de outubro de 1953 e teve como base a data de nascimento do economista e político José Maria da Silva Lisboa, o Visconde de Cairú, patrono do comércio brasileiro.

VEJA TAMBÉM: Curso gratuito ensina empreendedores a conectar clientes e impulsionar vendas

Baiano, de Salvador, José Maria foi deputado, senador e secretário da Fazenda Real. Economista por formação acadêmica, foi detentor do título de Patrono do Comércio do Brasil por suas iniciativas em prol do desenvolvimento das relações comerciais do país com outras nações.
O futuro Visconde de Cairú foi o responsável pela obtenção de leis que beneficiaram o iniciante comércio brasileiro, na época totalmente dependente de Portugal. Sua ação ficou reconhecida com a assinatura da histórica Carta Régia, de 28 de janeiro de 1808. Por ela, D. João VI, aconselhado pelo Visconde, abriu os portos brasileiros ao comércio exterior.
Com o livre comércio, a estrutura colonial se rompeu e, desde então, o comércio brasileiro se desenvolveu com mais força. Bons negócios passaram a ser feitos com outros países, gerando lucros para a então nova nação.
 
 
 
 
 
Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

Deixe uma resposta

Publicações Recentes

Curso de Produção e Gestão Cultural: 25 vagas gratuitas em Curitiba

Está aberta a convocatória gratuita que vai selecionar 25 artistas de regiões descentralizadas de Curitiba para um Curso de...

Veja Também

spot_imgspot_img

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.