Cinematerapia: Toy Story e os pré-julgamentos que fazemos dos outros

Toy Story nos ensina muitas lições desde o primeiro filme e talvez uma das mais importantes seja não julgar alguém sem conhecer

Flávio Jayme
Quantas vezes você já julgou alguém só pela primeira impressão? “Ih, meu santo não bateu com o do fulano”. E tome revirada de olho e suspiro quando a outra pessoa chega ou respira perto de você.
Não julgo, já fiz muito isso. E confesso que perdi muitas oportunidades de conhecer pessoas interessantes. Sei disso porque algumas vezes fui obrigado a conversar com quem era o alvo do meu ranço e, então, descobri quem aquela pessoa realmente era.
Em Toy Story é basicamente isso que acontece. Por ciúmes e medo de perder o posto de brinquedo preferido, Woody não gosta de Buzz antes mesmo do primeiro “oi”. Acha o astronauta exibido com toda sua modernidade, enquanto ele, Woody, é quase um brinquedo vintage. E Woody parte do princípio de que não vai gostar daquele brinquedo novo e, portanto, não vale a pena nem tentar ser seu amigo.
O desenrolar dessa história a gente conhece bem: acompanhamos durante décadas o crescimento da amizade entre Woody e Buzz Lightyear e até já descobrimos em outra coluna Cinematerapia aqui, no site, como Woody é alguém que se apega ao passado e ao que já conhece, tendo medo do novo e do desconhecido.
Toy Story nos ensina muitas lições desde o primeiro filme em 1995 e talvez essa seja uma das mais importantes: não julgue alguém sem conhecer.
Toy Story está disponível no Disney+.
https://www.instagram.com/tv/COxuQN-pUsR/
 

 
Flávio Jayme é terapeuta e jornalista especializado em Cultura, idealizador do site Pausa Dramática e do perfil @terapeuta.flaviojayme
 
 
Você sabia que o Curitiba de Graça é um veículo feito por jornalistas e é independente? Para continuarmos fazendo nosso trabalho de difusão da cultura precisamos do seu apoio. Veja como colaborar AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicações Recentes

Livro sobre mitologia de Hércules tem lançamento gratuito no Wonka Bar

"Os Doze Trabalhos de Hércules" é lançado em livro com poemas inéditos. Depois de passar pelo rádio, teatro e...
- Advertisement -

Veja Também

spot_imgspot_img