Exposição na Casa Tangente retrata movimento pela memória e justiça na Argentina

/, Eventos Culturais, Exposição/Exposição na Casa Tangente retrata movimento pela memória e justiça na Argentina

 

Mostra do fotojornalista Tui Guedes, que será exposta na Casa Tangente, reúne fotos de vítimas da ditadura militar argentina

Exposição “Ni Olvido, Ni Perdón”, do fotojornalista brasileiro Tui Guedes, fica em cartaz até o dia 25 de abril. Foto: Divulgação

 

O espaço cultural Casa Tangente recebe, a partir da próxima terça-feira, 10 de abril, a exposição “Ni Olvido, Ni Perdón”, do fotojornalista brasileiro Tui Guedes. As 30 imagens da mostra são um registro dos últimos três anos de trabalho do autor com o resgate e a preservação da memória fotográfica das vítimas e dos desaparecidos durante a ditadura militar argentina. A exposição fica em cartaz até dia 25 de abril e tem entrada gratuita.

Radicado naquele país há dez anos, Tui Guedes reúne fotos e documentos que “relembram para não esquecer” a dor da tortura, da busca das avós pelos netos desaparecidos, da insensatez da Guerra das Malvinas e das outras vítimas do regime de exceção, que durou de 1976 a 1983. “Não houve anistia nem perdão, mas julgamento. A Argentina mantém viva essa lembrança e faz questão de não esquecer. Essas fotos mostram um pouco dessa luta pelo resgate da história recente”, diz o fotojornalista.

Algumas das fotos da exposição fazem referência a La Perla, antigo centro de detenção clandestino, que hoje funciona como espaço de memória. Também destacam-se as fotos da participação ativa das Abuelas de Plaza de Mayo (APM), avós que ainda buscam identificar seus netos sequestrados. Atuando há 40 anos, a APM já resgatou 125 crianças e luta para garantir direitos civis em um estado democrático de direito com o lema “Ni Olvido, Ni Perdón”.

Tui Guedes é um fotógrafo brasileiro que vive na Argentina desde 2008, quando começou a fotografar profissionalmente. Durante esses anos, atuou como fotojornalista de política, cultura e temas sociais com publicações em vários veículos como Clarín, La Voz del Interior, Cadena 3, Crónica, entre outros. Nos últimos anos, vem desenvolvendo atividades em parceria com o Ministério de Justiça e Direitos Humanos de Córdoba.

 

Serviço: Exposição ¡Ni Olvido, Ni Perdón
Data: 10 a 25 de abril
Horário da abertura da exposição no dia 10 de abril: 19h30
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 14 h às 18 h
Local: Casa Tangente, Rua Prefeito Ângelo Lopes, 1.653 – Hugo Lange
Entrada gratuita
Mais informações no site www.casatangente.com.br

 

2018-04-16T10:15:13+00:00 15 Abril - 2018 |0 Comentários

Deixe uma resposta