Projeto desenvolvido pela Copel e Simepar vai antecipar riscos de desligamentos

Eventos como o ciclone extratropical que atingiu o Paraná em 30 de junho deste ano poderão ser enfrentados com agilidade para evitar desligamentos de energia elétrica

desligamentos de energia elétrica
Foto: Divulgação/AEN PR

A Copel e o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná) estão desenvolvendo o projeto P&D PD-02866-0526/2019, um modelo matemático que estimará com antecedência os riscos de desligamentos de energia elétrica causados por eventos meteorológicos severos.

Com base em informações de previsão e monitoramento meteorológico de curto e médio prazos, alertas qualificados serão transmitidos à Copel em forma de mapa. O processo será automatizado e padronizado por meio de inteligência artificial que integrará informações provenientes do Satélite Goes-16, radares, estações hidrometeorológicas de superfície, detecção de raios e previsões dos modelos numéricos.

“O novo modelo será uma ferramenta muito significativa para aumentar a eficiência e aprimorar a qualidade na prestação de serviços, reagindo às ocorrências com a maior precisão possível, pois toda a infraestrutura da rede costuma ser afetada, inclusive pelos eventos de menor magnitude”, observa o gerente da Divisão de Procedimentos de Operação da Copel Distribuição, Marcos Vinicius de Oliveira Cardoso.

VEJA TAMBÉM: Aplicativo mostra horários com menor movimento em supermercados e farmácias

Eventos como o ciclone extratropical que atingiu o Paraná em 30 de junho deste ano serão enfrentados com agilidade devido à inteligência do projeto. Segundo o pesquisador e meteorologista Leonardo Calvetti, o mapa mostrará os locais da rede de energia elétrica mais vulneráveis a raios, ventos e chuvas fortes. “Será possível indicar o vento que poderá influenciar o desligamento e quantas unidades consumidoras estarão em risco”, afirma Calvetti.

Ao receber o alerta qualificado, a Copel poderá organizar toda a logística de atendimento, que inclui equipes de eletricistas, técnicos em operação e manutenção, equipamentos, ferramental, materiais e veículos, para atuar com agilidade em rompimento de cabos, queda de postes, queima de fusíveis e transformadores, entre outros danos.

“Estamos com bastante expectativa que esse P&D contribua significativamente para a melhoria dos processos, principalmente para a evolução da agilidade do nosso atendimento a eventos climáticos graves como este último ciclone”, reforça o gerente do Departamento de Gestão da Inovação da Copel Distribuição, Gustavo Klinguelfus.

Para o diretor do Simepar, Eduardo Alvim Leite, o P&D com a Copel se enquadra como projeto estratégico, que visa atingir um novo patamar de uso das informações ambientais no setor elétrico em que os dados e as previsões, suas magnitudes e incertezas são combinadas e otimizadas em um sistema de suporte à decisão.

O projeto P&D PD-02866-0526/2019 (Estimativa e classificação de riscos de desligamentos em redes de distribuição de energia utilizando previsões meteorológicas de curto prazo e soft computing) tem financiamento do programa de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A finalização está prevista para daqui trinta meses.

 

 

 

 

Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicações Recentes

Documentário sobre cena musical curitibana estreia em canal de TV por assinatura

O documentário Uma Fina Camada de Gelo percorre a cena musical curitibana desde a década de 70 até começo...

MON inaugura galeria virtual com fotos vencedoras de concurso

Concurso #meumon: Revele o Museu que só Você Vê foi realizado antes da pandemia O Museu Oscar Niemeyer (MON) inaugurou uma galeria virtual com as...

Jornalista conta a história da Guerra do Contestado em documentário

Nascido na região do conflito, Dirk Lopes dedicou seu tempo para não deixar a história da maior guerra do século XX no Brasil ficar...

Brasis no Paiol anuncia temporada 2020 on-line com 50 shows

Formato on-line do Brasis no Paiol permitiu aumentar o número de atrações desta oitava temporada Realizado em Curitiba desde 2012, o projeto Brasis no Paiol...

Mostra MOVE de Teatro reúne companhias curitibanas em transmissões ao vivo

Mostra MOVE de Teatro será transmitida pelo Espaço Obragem com oito espetáculos inéditos Entre os dias 3 outubro e 21 de novembro, o Espaço Obragem,...

Veja Também

close-link