Publicado em 25 de maio de 2020

Saiba como manusear e higienizar roupas e sapatos durante a pandemia do coronavírus

roupas e sapatos coronavírus

Infectologista explica como higienizar roupas e sapatos durante a pandemia. Foto: FreePik

Por Camile Triska

Em meio a pandemia da covid-19, uma dúvida que surge entre as pessoas é o que fazer com roupas e sapatos. É preciso retirá-los assim que chegamos em casa? As peças devem ficar separadas? A lavagem deve ser feita de uma maneira diferente?

A infectologista do Hospital Vita, Marta Fragoso, respondeu essas e outras perguntas mais frequentes, orientando que você sempre deve higienizar as mãos com álcool em gel 70% após manusear quaisquer roupas sujas e, principalmente, antes de tocar mucosas de olhos, nariz e boca.

As roupas são contaminadas pelo coronavírus? Quanto tempo o vírus permanece nelas?

Não há estudos conclusivos de vínculo epidemiológico de desenvolvimento da covid-19 através do contato com roupas contaminadas na sociedade em geral, assim como não há estudos científicos que determinem o tempo de atividade do SARS-CoV-2 em diferentes tipos de tecidos. Há estudos de sobrevivência do vírus em plásticos, alumínio, látex, aço inoxidável, madeira, vidro e papel, com tempo variando de duas a 72 horas.
Para os profissionais de saúde não há dúvidas de que as roupas de uso profissional representam risco potencial, principalmente, para aqueles que estão na linha de frente da assistência.

Então, é necessário tirar as roupas quando se chega em casa?

Ao chegar em casa, é recomendado que as roupas sejam retiradas imediatamente e colocadas para lavar. É mais seguro ter peças de uso de casa e para sair, pois há o risco de contato com superfícies contaminadas nos ambientes externos. Casacos, roupas de lã e outros tecidos mais pesados que não permitem higienização mais frequente, podem ficar em local ventilado por 72 horas e reutilizados até ser feita a higienização com a técnica de lavanderia preconizada.

Caso a pessoa esteja voltando de uma instituição de saúde, deve retirar as roupas e lavá-las (as que forem possíveis) em máquina de lavar ou deixá-las imersas em água e sabão por duas horas, para depois completar a lavagem e enxague. No caso de casacos, roupas de lã e outros tecidos mais pesados que não permitem higienização mais frequente, também podem ficar em local ventilado por 72 horas.

É preciso deixar as roupas usadas para sair separadas antes de lavar?

Não há necessidade de separar a roupa de uso rotineiro para sair das demais roupas antes de lavar, mesmo ao frequentar farmácias ou supermercados. Em todos os locais há a obrigatoriedade do uso de máscaras, o que impede a dispersão do vírus no ambiente em altas cargas virais. O risco é o contato com superfícies contaminadas com as mãos. No entanto, essa carga viral é menor.

As roupas devem ser lavadas de alguma forma especial?

A lavagem deve ser conforme a indicação da etiqueta (uso de alvejante, água a 60°C, sabão para roupas delicadas) para cada tipo de tecido. Os processos de higienização de roupas são seguros com o uso do sabão e, se possível, com água na temperatura 60°C, desde que o tecido da roupa suporte essa temperatura. O SARS-CoV-2 é composto por proteínas e gordura que se degradam ao contato com água, sabão, álcool, desinfetante ou alvejante.

Não é necessário colocar mais sabão do que o recomendado para o ciclo de lavagem, apenas procurar não sobrecarregar a máquina para permitir que água e sabão possam circular em todas as superfícies das roupas. Em caso de higienização em tanques ou baldes, deixar as peças imersas em água e sabão ou alvejante por duas horas e só depois completar a lavagem e enxague.

Como as roupas devem ser secas?

As roupas podem ser secas no próprio ciclo de secagem da máquina ou penduradas no varal, ao ar ou ao sol. O processo de passagem a ferro é opcional, apenas uma complementação da higienização.

VEJA TAMBÉM: Solução para uma casa livre de coronavírus

E no caso de quem mora com uma pessoa que está com a covid-19? Como deve ser a lavagem da roupas desse paciente?

Roupas de pacientes em isolamento domiciliar por covid-19 devem ser separadas por causa da carga viral mais elevada. A higienização segue a mesma rotina de sabão e água na temperatura de 60ºC em máquina de lavar, se possível. Se não houver como usar água quente, pode lavar com água na temperatura ambiente, secar ao sol e passar a ferro, se possível. Sempre respeitar as orientações de lavagem da etiqueta conforme o tecido e não sobrecarregar a máquina.

É realmente necessário usar um sapato diferente para sair de casa?

Assim como no caso das roupas, também é recomendado manter sapatos para uso externo diferentes daqueles para uso interno, trocá-los na entrada da casa e higienizá-los sempre que voltar da rua. As mãos também devem ser higienizadas depois de colocar o sapato e após retirá-los.

A limpeza dos sapatos pode ser realizada com água e sabão e, depois de secos, complementar com o álcool 70% ou com água sanitária diluída até 0,5%. Para obter essa proporção, dilua uma parte de água sanitária (hipoclorito de sódio) comercial, que geralmente, tem concentração de 2% ou 2,5%, em três partes iguais de água.

 

 

Apoie os pequenos negócios!
Acesse a Rede do Bem e confira os pequenos empresários e comércios que estão trabalhando para deixar sua vida mais confortável!

Leave A Comment